Política

Bolsonaro fala em comprar diesel russo após conversa com Putin

Sputnik/Mikhail Klimentyev/Kremlin

O presidente disse a apoiadores que conversou com o líder russo sobre as “trocas comerciais” entre os 2 países

Publicado em 28/06/2022, às 10h02    Sputnik/Mikhail Klimentyev/Kremlin    Redação

O presidente Jair Bolsonaro (PL) disse a apoiadores nesta segunda-feira (27) que conversou com o presidente russo, Vladimir Putin, sobre trocas comerciais entre os 2 países. Além disso, Bolsonaro avaliou a possibilidade de comprar diesel da Rússia. “Temos aí a segurança alimentar e a segurança energética. Então, há chance de comprarmos diesel de lá. Fica, com toda certeza, um preço mais em conta”, disse.

Bolsonaro já havia mencionado a ligação com Putin e dito que o Brasil trataria a insegurança alimentar e a energética. No entanto, o presidente falou apenas que conversou com o líder russo sobre o comércio de fertilizantes.

De acordo com o Poder 360, em comunicado divulgado pelo Kremlin, Putin confirmou o telefonema sobre a segurança alimentar global. Segundo a nota, o presidente russo disse a Bolsonaro que está “empenhado em cumprir suas obrigações de garantir o fornecimento ininterrupto de fertilizantes russos ao agronegócio brasileiro”.

A dependência de fertilizante é um fator-chave na postura neutra de Bolsonaro em relação à guerra da Rússia contra a Ucrânia. “Adotamos uma posição de equilíbrio nessa questão conflituosa, não sobrevivemos sem fertilizantes”, disse Bolsonaro durante evento em Brasília, em 27 de abril. 

Putin e Bolsonaro têm estreitado as relações desde que o líder brasileiro esteve na Rússia, em fevereiro deste ano. Em sua ida aos Estados Unidos para participar da Cúpula das Américas, Bolsonaro chegou a dizer que lamentava a guerra na Ucrânia, mas que o Brasil ainda é dependente de “outros países”. “Lamentamos os conflitos, mas eu tenho um país para administrar”, afirmou o chefe do Executivo.

Siga o TikTok do BNews e fique por dentro das novidades.

Classificação Indicativa: Livre