Política

Deputado da oposição pode relatar caso de algoz de Lira no conselho

Divulgação/Câmara dos Deputados

Glauber Braga (PSol-RJ) virou alvo do PL, que assumiu as dores de Arthur Lira (PP-AL) após bate-boca entre os dois no plenário da Câmara

Publicado em 08/06/2022, às 10h26    Divulgação/Câmara dos Deputados    Redação

Nos próximos dias, o Conselho de Ética deve definir o relator da ação do PL, movida pelo deputado federal, Valdemar Costa Neto, contra Glauber Braga (Psol-RJ). A ação foi registrada após Braga discutir em plenário com o presidente da câmara, Athur Lira.

O desentendimento ocorreu após Glauber Braga não ter liberado o acesso ao microfone para fazer declarações em plenário. O parlamentar fluminense chamou o colega alagoano de "ditador", o que gerou um bate-boca entre os congressistas. "Não vou ser calado, não adianta", afirmou Glauber Braga. Irritado, o pepista ameaçou expulsar o psolista do plenário se ele continuasse o desrespeitando.

Diferente de outros casos que tramitam no Conselho, os deputados de oposição podem relatar o caso de Braga, já que o autor da ação é o PL. Entre os deputados que podem relatar a ação estão Mário Heringer (PDT-MG), Orlando Silva (PCdoB-SP), Célio Moura (PT-TO) e Léo de Brito (PT-AC).

Siga o BNews no Google Notícias e receba os principais destaques do dia em primeira mão!

Classificação Indicativa: Livre