Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Eleições

Benito Gama tem reunião de emergência para resolver briga entre Roberto Jefferson e DEM

[Benito Gama tem reunião de emergência para resolver briga entre Roberto Jefferson e DEM]
17 de Setembro de 2020 às 17:00 Por: Arquivo Por: Henrique Brinco

O presidente estadual do PTB, Benito Gama, na tarde desta quinta-feira (17), participa de uma reunião de emergência para tentar encontrar uma solução para o imbróglio causado pela decisão da Executiva Nacional (leia-se Roberto Jefferson) de anular a convenção realizada no último fim de semana, que selou o apoio ao candidato Bruno Reis (DEM) em Salvador. A informação foi confirmada ao BNews pela assessoria de imprensa do ex-deputado. O local e os envolvidos no encontro não foram divulgados.

Jefferson é presidente nacional do partido. Ele publicou uma resolução anulando a convenção um dia após o fim do prazo das convenções partidárias. A justificativa se deu com base na orientação dada em julho de proibir coligações com o DEM, PSDB, PT e outros partidos de esquerda.

Também circula nas redes sociais um áudio em que o ex-deputado dá a orientação para o fim da coligação, sob a justificativa de que a aliança é incompatível ideologicamente com o partido. "Quero anular Salvador, na Bahia. Não quero mais nada com esse [ACM] Neto e essa turma de DEM, de Netinho, presidente do DEM. Acabou esse troço", determinou o ex-deputado, na gravação.

Segundo o BNews apurou, a decisão caiu como uma bomba no PTB. Os candidatos à vereança temem que a decisão de Jefferson os prejudique nas urnas. Procuradas, as executivas do PTB e do DEM em Salvador e na Bahia ainda não se manifestaram sobre o caso.

Leia também: "Não quero mais nada com esse Neto": Roberto Jefferson manda anular convenção que selou apoio do PTB a Bruno Reis

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso