Política

Ex-Globo se manifesta sobre trabalhar no governo Bolsonaro: 'Isso não era para mim'

Reprodução/ TV Globo
A jornalista atuou no Ministério de Ciências e Tecnologia por três meses após ser demitida da Globo  |   Bnews - Divulgação Reprodução/ TV Globo

Publicado em 28/06/2024, às 09h39   Rebeca Silva



A jornalista Izabella Camargo afirmou não se arrepender de ter ido trabalhar no governo de Bolsonaro em 2019, mas admitiu que o ambiente não era o ideal para ela.

Inscreva-se no canal do BNews no WhatsApp

"Achei incrível. E naquele momento não tínhamos a mínima ideia do que seria o governo. Eu não tenho partido, cor, lado nenhum, sou isenta de viés [político]. Naquele momento, sem emprego, sem informações do que aconteceria, claro que aceitei", afirmou.

Em entrevista ao podcast RivoTalks, ela explicou que aceitou a proposta de atuar no Ministério de Ciências e Tecnologia por três meses após ser demitida da Globo no final de 2018, mas que na primeira semana ligou para o marido e falou "isso não é para mim".

Reprodução

"Quando chego lá, na minha primeira semana, entendi que era muito idealismo da minha parte que de fato conseguiria popularizar a ciência. O Marcos até me deu carta branca, mas acontece que ninguém faz nada sozinho", disse.

A jornalista também afirmou que fez o melhor que podia durante os três meses em que esteve no ministério.

"O modelo de comunicação não era o meu. Nesses três meses, fiz o melhor que pude, dentro das condições que eu tinha, para popularizar a ciência. Não me arrependo porque foi importante", afirmou.

Classificação Indicativa: Livre

FacebookTwitterWhatsApp