Interior da Bahia

Madre Music vai custar mais de R$ 1.5 milhão aos cofres públicos; Bahiatursa entra com quase meio milhão de reais

[Madre Music vai custar mais de R$ 1.5 milhão aos cofres públicos; Bahiatursa entra com quase meio milhão de reais]
25 de Dezembro de 2018 às 10:44 Por: Reprodução Por: Caroline Gois 0comentários

O Madre Music já está no calendário oficial de festas do Governo do Estado da Bahia e, na edição 2019, receberá um aporte financeiro de quase meio milhão de reais da Bahiatursa. O evento, tido como a 'menina dos olhos' da prefeitura da cidade que fica na Região Metropolitana de Salvador, deve receber cerca de 125 mil pessoas, conforme expectativa do secretário de Cultura e Turismo do município, Djalma Turler.  

O BNews fez um levantamento dos custos, que envolvem dinheiro público, com a festa que vai durar 10 dias, sendo os shows alternados entre os dias 11 de janeiro e 9 de fevereiro. Em conversa com o secretário Turler, ele afirmou que quatro processos licitatórios serão realizados. "Um para empresas que prestam serviços de locação de banheiros químicos, outra de estrutura de som e luz, uma para estrutura de palco e outra para geradores. Os editais já estão prontos", afirmou. Segundo ele, os valores devem chegar a R$ 1 milhão. Destes processos citados, dois já foram publicados no Diário Oficial do Município entre os dias 18 e 20 de dezembro. 

Uma das empresas vencedoras foi o Grupo Multi Eventos Ltda. O valor negociado foi de R$ 381.740,00, cuja contratação é para locação, instalação e manutenção de geradores, microprocessados, silenciado em contêiner, tensão 110/220, incluso transporte de entrega e retirada do equipamento, sob sistema de registro de preços, para futuras e eventuais contratações. "O valor destas licitações é anual para todas as festas que ocorram na cidade e tudo feito com sistema de registro de preços. Ganha quem oferecer o menor preço", garantiu o secretário.

A segunda empresa divulgada, cujo valor do contrato ultrapassa meio milhão de reais, é a O.J.O. Comércio e Serviços LTDA. Por R$ 615 mil, a empresa vai prestar os serviços de locação de palcos, camarotes, toldos, fechamento de área, divisórias e posto elevado por um período de 12 meses, sob sistema de registro de preços, para futuras e eventuais contratações. 

Entretanto, dois serviços ainda não tiveram os resultados das licitações divulgados. São eles: contratação de empresas que prestam serviços de locação de banheiros químicos e outra de iluminação. Ao todo, o valor pode ultrapassar os R$ 2 milhões. De acordo com o secretário, há ainda um aporte da Bahiatursa. "Pedimos R$ 500 mil, mas só liberaram este valor de R$ 430 mil", ressaltou Turler. Procurada por meio da assessoria, a Bahiatursa não respondeu aos questionamentos do site sobre este valor cedido ao evento em Madre de Deus. O superintendente da Bahiatursa, Diogo Medrado, também foi procurado, mas não retornou as ligações. 

Apesar dos valores ainda não fechados da festa, a divulgação da Madre Music 2019 já chegou ao site da União dos Prefeitos da Bahia (UPB) e já circula como sendo a festa mais esperada do Verão. "A programação variada acontece em três lugares diferentes da cidade. Devemos receber 25 mil pessoas por noite no estádio e mais 50 mil durante todo o evento no espaço da Igreja Matriz", comemorou o secretário municipal de Turismo, que fez questão de salientar o lado beneficente da festa.  "A entrada é gratuita e estamos pedindo apenas 1 kg de feijão ou arroz porque, no final, vamos doar cestas básicas às instituições assistidas da cidade. É o que chamamos de turismo criativo e terá um impacto muito grande na cidade", disse Turler. 

O Madre Music 2019 será dividido em três espaços: Arena Madre Music (Estádio Municipal); Pôr do Som (Alto da Matriz/ Ilha de Maria Guarda), e  Área de lazer.  Entre as atrações estão: Harmonia do Samba, Léo Santana, Devinho Novaes, Gustavo Mioto, Belo, Tayrone, Daniel Vieira, Jau, Kart Love, Adão Negro e Filhos de Jorge. 

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Leia os termos de uso

jusnews

Na Sombra do Poder

Eduardo Entrevista

Mais Lidas