Política

Luzes de Natal: 'Se quiser fazer crítica, faça sua iluminação', diz Colbert

Secom | Prefeito Colbert Martins Filho

Prefeito de Feira de Santana, Colbert Martins (MDB) decidiu não instalar iluminação natalina na cidade neste ano

Publicado em 18/12/2021, às 16h39    Secom | Prefeito Colbert Martins Filho    Redação

O prefeito de Feira de Santana, Colbert Martins (MDB), reagiu a críticas sobre a ausência de luzes de Natal instaladas pela prefeitura no município.

"Não sei de onde parte, a gente anda e não vê nenhuma loja, nenhuma instituição fazendo iluminação. Vão querer fazer crítica de quem? Da prefeitura? Se alguém quiser fazer crítica, faça sua iluminação, faça sua parte. A prefeitura neste ano achou melhor agir de outra forma", disse o gestor em entrevista ao Blog do Velame.

Leia: TRE nega recurso de Zé Neto e mantém Colbert Martins como prefeito de Feira de Santana

Feira: Vereadora denuncia fraude em concurso para o programa Criança Feliz na cidade

Geraldo Jr. apoia prefeitos de Itapetinga e Vera Cruz na chapa de Neto e rechaça espaço a Colbert 

A falta de iluminação natalina foi alvo de questionamentos na Câmara Municipal. O vereador Fernando Torres (PSD) chegou a sugerir que a prefeitura utilizasse parte de uma verba no valor de R$ 2,4 milhões que será devolvida pelo Legislativo à administração, para custear a decoração.

"Nós gastamos quase 500 mil reais no ano passado e, esse ano, estamos com um Natal completamente adverso e diferente", justifica Colbert.

Leia também: Presidente da Câmara de Feira diz que vai entregar à polícia provas da tentativa de Colbert de forjar escândalo sexual

Colbert vai processar vereador que o acusou de armar escândalo sexual: "Destempero e desequilíbrio"

De acordo com o prefeito, será instalada no prédio da prefeitura uma iluminação natalina que é de propriedade do Município.

"Nós vamos fazer uma coisa pequena na prefeitura. A maioria da cidades tem um único local e mais nada", afirma Martins, antes de acrescentar que o Natal deste ano deve ser “mais solidário”.

> Siga o BNews no Google Notícias e receba as principais notícias do dia em primeira mão

Classificação Indicativa: Livre