Política

"Na época de ACM, a coisa era diferente", diz ACM Neto

Arquivo

"Há uma figura muito forte do ACM no imaginário das pessoas", diz ACM Neto

Publicado em 17/01/2022, às 19h50    Arquivo    Henrique Brinco

O ex-prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM), falou sobre explorar o marketing político utilizado pelo avô, o ex-senador Antônio Carlos Magalhães (1927-2007), na campanha ao Governo da Bahia.

Leia também:

"Depois do lançamento da minha pré-candidatura, houve muita especulação. Foi uma surpresa para muita gente resgatar a música do meu avô. [...] Até hoje ela é muito presente na vida de políticos e pessoas no interior. Houve a oportunidade de fazer a releitura", declarou ao responder indagação da jornalista Tamirys Machado, em entrevista ao programa BNews Agora, da Piatã FM, nesta segunda-feira (17), apresentador pelo editor Victor Pinto e com a participação do repórter João Brandão.

Segundo o herdeiro carlista, "há uma figura muito forte do ACM no imaginário das pessoas". "Foi uma pessoa que lutou pela Bahia, que colocou a Bahia em primeiro lugar, que exerceu uma liderança política no país, projetando a Bahia". Ainda de acordo com Neto, há uma forte lembrança no imaginário popular sobre a questão da segurança pública na época das gestões de ACM e correligionários.

Leia mais:

"Na época de ACM, a coisa era diferente. Nos últimos 16 anos, o PT perdeu o controle da segurança pública", atacou. "Hoje a Bahia responde a 14% do número de homicídios. Em Salvador, tem bocada em que a polícia nem consegue entrar. No interior, tem muita cidade na Bahia sem um policial", emendou.

Segundo ele, será preciso fazer um trabalho para estimular a Polícia Militar, Polícia Civil e todos os setores da segurança. 

Siga o BNews no Google Notícias e receba os principais destaques do dia em primeira mão.

Classificação Indicativa: Livre