Política

Relator da CPI da Violência contra Mulher pede cassação de Arthur do Val

Imagem Relator da CPI da Violência contra Mulher pede cassação de Arthur do Val

Segundo relator, o Arthur do Val "violou a dignidade da pessoa humana, extrapolando o seu direito de expressão como deputado estadual"

Publicado em 14/03/2022, às 11h09 - Atualizado às 11h15        Redação BNews

O relator da CPI da Violência Contra a Mulher na Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo (Alesp), Thiago Auricchio (PL), pediu que o mandato de Arthur do Val seja cassado. “violou a dignidade da pessoa humana, extrapolando o seu direito de expressão como deputado estadual e, desta forma, excedendo o manto da sua imunidade parlamentar”, disse o parlamentar em relatório final da investigação sobre os áudios de Arthur a respeito das mulheres ucranianas.

Auricchio diz ainda que “a liberdade de fala não se deve constituir em liberdade de ofensas à honra das mulheres”. O relatório também lista uma série de recomendações ao governo estadual. Entre as principais, estão o aumento do número de delegacias de defesa da Mulher. Atualmente, há 138 unidades em todo o Estado, e apenas 11 funcionam 24 horas por dia.

Arthur do Val foi alvo de críticas após descrever as jovens refugiadas da Ucrânia, em áudios que ele enviou a colegas do Movimento Brasil Livre (MBL), como “fáceis, pois são pobres”. O deputado, que estava na região ucraniana para supostamente auxiliar a população contra a invasão das tropas russas, aparentemente teria aproveitado seu tempo livre para flertar com as mulheres locais.

Leia Mais:

Namorada de Arthur do Val termina relacionamento depois de áudios vazados

Conselho de Ética unifica 21 pedidos de cassação de Arthur do Val na Assembleia de SP

Siga o BNews no Google Notícias e receba os principais destaques do dia em primeira mão! 

Classificação Indicativa: Livre