Geral

Gentili rasga notificação de deputada e esfrega em partes íntimas; veja vídeo

[Gentili rasga notificação de deputada e esfrega em partes íntimas; veja vídeo]
30 de Maio de 2017 às 10:06 Por: Reprodução Por: Redação BNews

O humorista e apresentador do The noite (SBT), Danilo Gentili, gravou um vídeo depois de receber uma notificação judicial representada pela deputada Maria do Rosário, ex-ministra dos Direitos Humanos do governo Dilma Rousseff entre os anos de 2011 e 2014. O comunicador desdenhou do conteúdo, rasgou o documento, esfregou dentro da calça, envelopou e remeteu de volta à parlamentar. A reação foi filmada e postada na internet pelo próprio Gentili. 

Ao fim do vídeo, ele dispara: “Nunca admita, nunca aceite que qualquer deputado, senador, prefeito governador diga se você pode ou não falar alguma coisa. É você que diz se eles podem ou não falar. Eles são funcionários de vocês. Sendo assim, Maria do Rosário, chegando a minha cartinha, abre ela retira o conteúdo, sinta o cheiro do meu saco e abra a bunda e enfie no meio dela tudo isso aí que eu estou mandando para você”.

A notificação judicial havia sido enviada pela Câmara dos Deputados em resposta ao conteúdo misógino e ofensivo postado pelo apresentador no Twitter sobre a parlamentar. Em uma delas, exibida no próprio vídeo, ele escreve: "Aí ela chama o cara de estuprador [referência a uma declaração de Maria do Rosário sobre o deputado Jair Bolsonaro] toma empurrao e dá chilique. Falsa e cínica para caraleo (sic)".

Outra postagem diz: "Qdo alguem cuspir em vc devolva com um soco q @_mariadorosario aprova. Cuspir nela qdo ela o chamar de estuprador tb [em referência a uma cusparada dada pelo deputado Jean Wyllis em resposta a uma ofensa feita por Bolsonaro, no dia da votação do impeachment de Dilma]".

Em outro momento do vídeo, o humorista tapa parte do nome do cargo de Rosário e deixa visível apenas as letras “puta”. A visualização e a destruição do documento ocorre com som de choro ao fundo.

Veja vídeo:

No fim do dia, o apresentador voltou a provocar.

A deputada também usou as redes sociais para responder. Classificou on ato como "machista" e "autoritário".

Publicada originalmente em 29/05 às 19h06

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Compartilhar