Justiça

Decisão inédita do TJ condena construtora por atrasar entrega dos imóveis

[Decisão inédita do TJ condena construtora por atrasar entrega dos imóveis]
23 de Novembro de 2012 às 11:10 Por: Redação Bocão News (Twitter: @bocaonews)
Em decisão inédita do Tribunal de Justiça da Bahia (TJBA) a construtora Città Ville SPE Empreendimentos Imobiliários, do Grupo Gafisa foi condenada a indenizar consumidores que ajuizaram ação judicial em razão do atraso da entrega do empreendimento Villa Alegro.

O contrato de compra e venda dos imóveis tinha data de entrega para agosto de 2010 e até a presente data o empreendimento não ficou pronto em razão de problemas ambientais com o IBAMA e o Ministério Público Federal.

Os consumidores ajuizaram a ação em dezembro de 2010 por sentirem-se prejudicados com o atraso e, com base no Código de Defesa do Consumidor (CDC), conseguiram o reconhecimento dos seus direitos na Justiça. A sentença da 9ª Vara dos Feitos de Relações de Consumo, Civeis e Comerciais de Salvador condenou a construtora a pagar aluguéis aos consumidores, por cada mês de atraso, juros e multa de mora e ainda uma indenização por danos morais.


O Advogado dos consumidores, Henrique Guimarães, patrono da ação, e que representa também consumidores de outros 60 empreendimentos em atraso em Salvador, comentou a decisão: “está é uma prova de que podemos e devemos acreditar na justiça. Os consumidores possuem uma gama de direitos trazidos pelo CDC, mas que a maioria das pessoas desconhece, por isso acaba sujeitando-se a diversos abusos contra os seus direitos”.
Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Compartilhar