Salvador

Toque de recolher: "A gente vai rodar Salvador toda", avisa coordenador da Sedur sobre fiscalização

Dinaldo Silva/BNews

Além de agentes da Sedur e Polícia Militar, também participam Guarda Municipal e Transalvador

Publicado em 19/02/2021, às 19h58    Dinaldo Silva/BNews    Henrique Brinco e Pedro Vilas Boas

O coordenador de fiscalização da Secretaria Municipal de Desenvolvimento e Urbanismo (Sedur), Everaldo Freitas, já está a postos, junto com cerca de 500 agentes municipais e policiais militares, para iniciar operação durante toque de recolher em Salvador.

"A gente vai rodar praticamente Salvador toda. Os principais pontos, Barra, Pituba, onde há aglomeração de bares. Desde o Subúrbio até Praia do Flamengo, 15 equipes, com apoio da PM, para garantir que o decreto do governo do estado e municipal sejam cumpridos", disse, em entrevista na noite desta sexta-feira (19), em frente à sede da Sedur, na avenida ACM.

Além de agentes da Sedur e Polícia Militar, também participam Guarda Municipal e Transalvador.

Quem descumprir as regras pode ser preso e irá responder por crime contra a saúde pública. Os estabelecimentos também podem ter o alvará cassado.

Matéria Relacionada

O que pode e o que não pode: Tudo sobre o toque de recolher válido a partir desta sexta-feira

Classificação Indicativa: Livre