Salvador

Unidade de Conselho Tutelar é despejado de imóvel no Centro de Salvador

Reprodução / Mateus Borges

Secretaria de Políticas para Mulheres, Infância e Juventude enviou uma nota explicando a situação

Publicado em 30/07/2021, às 13h17    Reprodução / Mateus Borges    Brenda Viana

Uma unidade do Conselho Tutelar, que fica localizado na Avenida Carlos Gomes, no Centro de Salvador, foi desativada nesta sexta-feira (30). As conselheiras que trabalhavam no local afirmaram, em entrevista ao Balanço Geral da Record TV Itapoan, que desconhecem a motivação da ordem de despejo. O conselho abrange  Barra, Graça, Vitória, Ondina, Calabar e Canela.


Computadores, cadeiras, mesas e outros móveis já foram retirados do local. Uma das conselheiras, Mianga Galvão, disse que receberam uma informação extra oficialmente que as profissionais deveriam deixar o imóvel. “Entramos em contato com a nossa secretária que é da Secretaria de Política para Mulheres da Infância e Juventude, hoje atende como a secretária Fernanda Lordeiro. Nós não temos nenhum computador para que a gente possa fazer um relatório que é necessário no nosso dia a dia”, disse.


Além disso, as profissionais alegam que todos os móveis estariam sendo realocados para outros conselhos que estão em falta de estrutura. "Então a nossa estrutura está sendo sucateada e os nossos atendimentos estão sendo punidos por alguns que nem sequer sabemos do que se trata. A gente não sabe qual é o motivo da ordem de despejo, estamos fora na nossa área de abrangência desde que esse conselho foi instituído”, disse.


Uma outra conselheira explicou que a sede estava no local desde 2014, mas que nunca houve uma sede própria para o conselho. “Em 2016, nós viemos para esse prédio. Nos dias atuais estamos sendo despejadas. É triste saber que um órgão tão importante quanto o Conselho Tutelar viva nessa situação de sucateamento. Nós temos outros conselhos que estão na mesma situação ou até pior”, relatou.

Em nota, a secretaria explicou que o conselho não está sendo despejado e sim, realocado para outro local próprio. 

“A Secretaria de Políticas para Mulheres, Infância e Juventude, por meio de nota, vem a público esclarecer que o Conselho Tutelar XV – Barra, não foi despejado, foi na verdade transferido para um local próprio, no edifício Adolpho Basbaum, visto que o local em que funcionava era um prédio alugado pela SEMPRE e precisou ser devolvido ao proprietário. Reiteramos que os conselheiros estão cientes dessa mudança faz um mês e na data de hoje foi agendada a mudança para o referido edifício. Uma nova sede para o Conselho, na sua área de atuação, já está sendo locada, já aberto processo e em trâmites administrativos”.

Leia também:

Planejamento do Carnaval e Réveillon já estão elaborados, afirma Bruno Reis

Data da volta às aulas deve ser anunciada após reunião com APLB na próxima semana, diz prefeito

Salvador não vai mandar 'sommelier de vacina' para o final da fila, diz prefeito

ACM Neto lamenta incêndio no Cinemateca em SP e presidente do PT-BA critica ex-prefeito

Classificação Indicativa: Livre