Salvador

Ilê Aiyê se posiciona após Vovô acusar funcionária da Petrobras de racismo

Adenilson Nunes/BNews

Publicado em 26/11/2021, às 18h23    Adenilson Nunes/BNews    Redação BNews

O grupo Ilê Aiyê emitiu uma nota após o presidente do bloco, Vovô do Ilê, acusar uma funcionária da Petrobras - tradicional patrocinadora - de racismo. A denúncia foi feita em entrevista ao apresentador José Eduardo, na rádio Metrópole, hoje (26).

No texto, o bloco afirma que a afirmação se refere especificamente a uma funcionária e não se estende à estatal. “O Ilê Aiyê defende a liberdade de expressão e a igualdade racial como princípios caros à instituição e entende que seu presidente, ao interpretar um comportamento de uma funcionária da Petrobras, sob nenhuma hipótese, teve a intenção de estender o seu entendimento sobre episódio pontual à conduta da companhia.”

Matérias Relacionadas: Ilê Aiyê retoma ensaios na Senzala do Barro Preto no próximo domingo (28)

BNews Novembro Negro: Ilê Aiyê tem papel fundamental na resistência negra do Curuzu

BNews Novembro Negro: Vovô faz apelo contra pedidos de cortesia para eventos do Ilê Aiyê

“Tivemos por um bom tempo o patrocínio da Petrobras, mas ele foi encerrado em 2015 e isso ocorreu por causa de uma funcionária racista, ela perseguia muito o Ilê e insinuou que não estávamos sendo corretos. Eu conversei e expliquei que eles precisam vir à periferia pra entender como as pessoas da comunidade vivem. Tem criança aqui que é filho de pai envolvido com droga, mãe com problemas de alcoolismo e são criados por outros, como avós, tios”, disse Vovô, na entrevista.

O grupo ainda informa que a Petrobras mantém um patrocínio ativo com o Ilê Aiyê. “Atualmente, o Ilê Aiyê tem contrato de patrocínio ativo com a Petrobras para o projeto de circulação de shows ‘Que Bloco é Esse?’, o que prova a sólida e saudável parceria, não havendo, assim, que motivo algum para o presidente do bloco fazer qualquer comentário sobre a companhia que não seja positivo.”

Confira abaixo a nota do Ilê Aiyê na íntegra:

A Associação Cultural Ilê Aiyê, através dessa nota, vem esclarecer fatos que repercutiram na mídia na manhã de hoje (26/11), referentes à entrevista concedida ao vivo por seu Presidente, Antônio Carlos Vovô, para a rádio Metrópole FM, onde se manifesta acerca de um episódio isolado de uma funcionária da Petrobras que teria adotado postura racista em face da instituição no passado. 

O Ilê Aiyê defende a liberdade de expressão e a igualdade racial como princípios caros à instituição e entende que seu Presidente, ao interpretar um comportamento de uma funcionária da Petrobras, sob nenhuma hipótese, teve a intenção de estender o seu entendimento sobre episódio pontual à conduta da companhia. A Petrobras tem uma parceria histórica com a entidade carnavalesca, e o Ilê Aiyê e seu Presidente reconhecem a fundamental contribuição da empresa para com as atividades da instituição, tendo, inclusive, ajudado o Ilê Aiyê a construir sua sede no Curuzu. Atualmente, o Ilê Aiyê tem contrato de patrocínio ativo com a Petrobras para o projeto de circulação de shows Que Bloco é Esse?, o que prova a sólida e saudável parceria, não havendo, assim, motivo algum para o Presidente do bloco fazer qualquer comentário sobre a companhia que não seja positivo.  

No calor da emoção, ao comentar sobre a dificuldade que blocos afros da Bahia enfrentam para conseguir patrocínios, o presidente Vovô relembrou um fato passado e isolado, que não reflete o entendimento da entidade Ilê Aiyê sobre a postura de sua parceira Petrobras, uma das principais promotoras da cultura no Brasil, que deve servir de exemplo para outras empresas.

Acompanhe o BNews também nas redes sociais, através do Instagram, do Facebook e do Twitter

Classificação Indicativa: Livre