Salvador

Moradores de Itapuã protestam contra violência no bairro: ‘Queremos dialogar com o poder público’

Protesto de moradores em Itapuã - Joá Souza/BNews

Residentes de Itapuã protestam ainda contra suposta venda exacerbada de bebida alcoólica na região

Publicado em 21/02/2022, às 18h10    Protesto de moradores em Itapuã - Joá Souza/BNews    Diego Vieira e Lara Curcino

Os moradores do bairro de Itapuã, em Salvador, realizaram uma manifestação nesta segunda-feira (21) em protesto à violência e desorganização do comércio na região. 

Um dos organizadores da passeata, o morador Ricardo Monteiro explicou ao BNews que o objetivo é conseguir dialogar com o poder público sobre a situação do bairro. 

Ricardo Monteiro, morador de Itapuã
                              Ricardo Monteiro, morador de Itapuã (Crédito: Joá Souza/BNews)                                              

“Hoje Itapuã vive uma realidade de violência, falta de mobilidade, desorganização do comércio. Vemos intenso uso de drogas na região, prostituição. Isso tudo por causa da desordem pública provocada pelas autoridades, sobretudo pela Prefeitura. A comunidade não participa das escolhas que são tomadas para o bairro. O que estamos exigindo é o diálogo com o poder público para participar das decisões de quais políticas serão implantadas aqui”, detalhou ele. 

Ainda de acordo com Monteiro, um dos principais pontos de reclamações é a segurança pública de Itapuã. Ele menciona uma suposta venda exacerbada de bebidas alcoólicas como responsável parcialmente por isso. 

Leia também:Homem discute por causa de boné e acaba morto a pauladas em frente à delegacia em Itapuã

“Não nos sentimos mais seguros, porque a violência tem aumentado. E isso é uma consequência de ações que foram feitas. Um exemplo: aqui, quase todos os estabelecimentos vendem apenas bebida alcoólica. Isso atrai outros tipos de drogas. Você tem a autorização exagerada da droga lícita, que é o álcool, e junto a ela vêm substâncias ilícitas e até mesmo a prostituição frequente”, expôs. 

Monteiro reforçou o apelo para que a população tenha voz nas decisões tomadas pela Prefeitura de Salvador em Itapuã. “Os moradores não têm participado de nenhuma escolha, de nenhuma ação. Nós queremos sentar com o poder público, queremos ter a chance de conversar sobre o que será feito.”

O BNews entrou em contato com a Prefeitura de Salvador, mas ainda não recebeu um posicionamento sobre a situação. 

Siga o BNews no Google Notícias e receba os principais destaques do dia em primeira mão!

Classificação Indicativa: 10 anos