Saúde

Correr pode melhorar e tornar orgasmos femininos mais intensos, diz estudo

Mundo Melhor/Divulgação

Pesquisadores observaram, ainda, uma correlação entre a distância percorrida e o nível do orgasmo

Publicado em 23/04/2022, às 20h31 - Atualizado às 21h06    Mundo Melhor/Divulgação    Redação

Incluir o hábito de correr na rotina pode melhorar e tornar mais intensos os orgasmos femininos. A conclusão é de um estudo recém-publicado na revista científica International Urogynecology Journal.

Os pesquisadores do departamento de obstetrícia e ginecologia da universidade israelense Ben-Gurion, que conduziram a pesquisa, apontam uma melhor circulação no clitóris e melhor função dos músculos do assoalho pélvico como possíveis explicações para a constatação.

Leia também: Congresso Brasileiro de Mastologia apresenta avanços em tratamento contra câncer de mama

O trabalho acompanhou 180 voluntárias que correm de forma amadora, pelo menos uma vez por semana, e que não apresentavam diferenças significativas na função sexual.

Foi observada, ainda, uma correlação entre a distância percorrida e o nível do orgasmo. Aquelas que corriam distâncias mais longas foram 28% mais propensas a atingir um melhor orgasmo, que foi um terço mais intenso.

Siga o BNews no Google Notícias e receba as principais notícias do dia em primeira mão!

Classificação Indicativa: Livre