Política

Visita de Lula à Bahia gera expectativa e agita cenário político

[Visita de Lula à Bahia gera expectativa e agita cenário político]
25 de Agosto de 2021 às 10:09 Por: Ricardo Stuckert/PT Por: Luiz Felipe Fernandez

O ex-presidente Lula desembarca no aeroporto de Salvador, na Bahia, na manhã desta quarta-feira (25), para cumprir agenda política no encerramento da sua caravana pelo Nordeste. O ex-presidente terá encontros com lideranças políticas, de movimentos sociais, da cultura e da religiosidade.

“Lula une o Brasil e sua passagem pela Bahia é mais um exemplo dessa sua capacidade. Ele vai dialogar com vários setores da sociedade, pautando a tolerância e o respeito à diversidade como um valor fundamental para a democracia”, destacou Éden Valadares, presidente do PT na Bahia. O dirigente baiano acrescente que “Lula vem tomar um banho de baianidade e segue dando esperança ao Brasil”.

Na opinião de Éden, Lula se contrapõe à figura do atual presidente Jair Bolsonaro, que prega um governo norteado pelo uso da 'violência" e pautado no "ódio".

"Se temos hoje no Brasil, infelizmente, um governo que atua com base na violência e no sectarismo; que só sabe pregar o conflito, o confronto e o ódio; Lula mostra o caminho do diálogo, do respeito e do futuro de inclusão, crescimento e prosperidade”, afirmou Éden Valadares. 

Lula chega em Salvador nesta quarta-feira (25) e tem um encontro com o partido, lideranças políticas e movimentos sociais na Assembleia Legislativa da Bahia (Alba). Na quinta-feira (26), o ex-presidente vai até à Policlínica de Narandiba, almoça com os presidentes dos partidos da base aliada de Rui, e às 16h um novo encontro desta vez com representantes do movimento negro, na Senzala do Barro Preto, na Liberdade.

Um jantar no Palácio de Ondina também está previsto para acontecer, este mais reservado somente com a presença dos senadores Otto Alencar e Jaques Wagner, além do próprio governador e do vice João Leão (PP). Nesta oportunidade, eles devem colocar a conversa em dia e falar sobre as perspectivas para 2022. Sem saber se termina o mandato como governador ou tenta o Senado, o governador Rui Costa garante que sua única certeza é de que participar do qualquer forma.

"A minha expectativa é que a gente possa intensificar o diálogo co pessoas democráticas e que querem ajudar a reconstruir o Brasil. Eu quero participar ativamente disso, como pai, como avô, como cidadão baiano. Todos juntos vamos ajudar a retomar o crescimento brasileiro e voltar à normalidade. O que estamos vivendo é uma anormalidade brasileira", avaliou

Vice-líder do PT na Câmara, o deputado federal Zé Neto vai acompanhar o ex-presidente em sua jornada pela Bahia. Ele destaca que Lula vai reservar um tempo especial para conversar com os partidos da base aliada de sustentação ao governo Rui Costa (PT) e tentar iniciar diálogos que possam ganhar contornos nacionais.

O petista acredita que o vigor de Lula e a sua "luz" são capazes de alimentar um sentimento de "transformação" na Bahia e no Brasil. Em encontro recente com o ex-presidente, Zé Neto conta que percebeu novamente a força da sua figura e acredita que a sua vinda à terra vai motivar a militância petista ainda mais para se unir e derrotar o bolsonarismo em 2022. Para isso, acredita que Lula vem pronto conversar com os partidos e fortalecer as alianças.

"Depois de tantas perseguições, ele faz o movimento de buscar pacificar o Brasil, dialogar com os setores todos, trazer para gente esse raciocínio, extremamente generoso. Acho que a vinda dele pode influir essa percepção, teremos um trabalho grande de recomposição das nossas relações institucionais e políticas, tanto no Brasil quanto no mundo, mas Lula faz isso com maturidade e pés no chão. Tenho certeza que ele vai motivar ainda mais a militância e nossa coesão para defender o projeto do PT, do governador Rui e senador Wagner", declarou o deputado em entrevista ao BNews.

Prestes a embarcar em Brasília no avião com destino a Salvador, a deputada federal Alice Portugal também vai acompanhar a visita do ex-presidente à capital baiana. A chegada de Lula no maior reduto eleitoral do PT nos pleitos presidenciais dos últimos anos é simbólica na leitura da deputada, e capaz de "reforçar o discurso" em prol da "democracia e dos direitos sociais", na tentativa de levar de volta o país aos trilhos que levam a um futuro "livre do autoritarismo".

"É um momento importante de reafirmação da validade de uma liderança interditada injustamente, e isso agora fica cabalmente demonstrado pelo momento que vivemos no Brasil. A sua chegada é para reforçar o discurso da democracia e dos direitos sociais, pela garantia de um Brasil livre de autoritarismo", confia Alice.

A deputada ressalta ser essa a oportunidade ideal para ouvir o ex-presidente, com vasta experiência na política, para ajudar na formulação de "programas e articulações" que possam servir ao país.

Leia mais:
 

Classificação Indicativa: Livre


Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Compartilhar