Educação

Negra, sonhadora e lá em cima: conheça a 1ª colocada no vestibular de medicina da Ufba

Acervo Pessoal

Keyla Jesus Sacramento tem 19 anos e deve ser a primeira médica da família; seu método de estudo é pautado em respeito e autoconhecimento

Publicado em 01/03/2022, às 09h04 - Atualizado às 09h15    Acervo Pessoal    Redação

Um passo incrível e sem cometer nenhuma loucura. Aprovada em 1º lugar no curso de medicina da Universidade Federal da Bahia (Ufba), Keyla Jesus Sacramento, 19, apostou no equilíbrio e autoconhecimento para montar sua rotina de estudos e conseguir acertar 161 questões do Enem, pontuando 960 de 1000 pontos possíveis.


Ela acredita na chamada metodologia ativa, sem um horário de estudo definido ou uma técnica para estudar. A trajetória vitoriosa também teve uma aposta no autoconhecimento: sabendo que é uma pessoa diurna, sempre começava o dia com as disciplinas que tem mais dificuldade e deixava o que achava mais fácil para o fim.


"A chave para mim sempre foi tentar respeitar meus momentos de produtividade mais baixa, e aumentar a produtividade nos dias em que eu me sentisse melhor. Estudo de qualidade, mesmo. Nesses dias eu estudava de 5h da manhã até 23h, por me sentir bem", explicou ao iBahia.

Veja também:PodZé: Erico Brás afirma: "eu não posso jogar a favela fora"
Vídeo em que filho vai na roça avisar o pai que passou em medicina viraliza nas redes

Além disso, a estudante também escrevia bastante para se dar bem na redação. Leituras de correções do que produzia, análises de redações nota 1000 no passado e uma atualização constante para saber o que ia escrever na hora H.


Filha da ex-vice prefeita de Salvador, Celia Sacramaneto, Keyla também contou com o apoio familiar e essa rede de apoio é fundamental para que ela crave: a conquista, acima de tudo, foi coletiva.


"Parece surreal, está todo mundo [família e amigos] assimilando o que está acontecendo, porque vou ser a primeira médica da minha família", contou ao G1.


Ela concluiu o Ensino Médio em 2020 e se preparou num cursinho pré-vestibular durante o ano seguinte para fazer a prova. Jovem, negra e sonhadora, Keyla agora quer ocupar um espaço como o da Universidade Federal e aprender para ajudar a população negra. A estudante 1º lugar quer conhecer a área da cirurgia cardiovascular e pesquisar sobre a saúde da população negra.

Mais no BNews: Decreto que amplia limite de público em eventos na Bahia passa a valer nesta quarta-feira
Salvador: 1ª, 2ª, 3ª e 4ª dose de vacina contra a Covid-19 são disponibilizados nesta terça (1º)


Ela sempre sonhou em fazer a diferença no mundo e por isso também cogitou os cursos de direito e contabilidade quando ainda estava no Ensino Médio. 

A jornada de Keyla na Ufba começa na próxima quarta-feira de cinzas (2), quando inicia o período de pré-matrícula na Universidade, que vai até o dia 8 de março. O resultado da análise da documentação estará disponível para consulta individual, em até 15 (quinze) dias corridos após o prazo final do envio dos documentos, no site.


Depois disso, também tem a matrícula presencial, quando cada colegiado define uma data para montar a sua primeira grade de disciplinas. A Ufba ainda não divulgou calendário dessa etapa.

Siga o BNews no Google Notícias e receba as principais notícias do dia em primeira mão!

Classificação Indicativa: Livre