Eleições / Eleições 2022

Com 'portas abertas' no Republicanos, Nilo terá encontro com PSB nacional

Vagner Souza/Arquivo BNews

Deputado Marcelo Nilo (PSB) rompeu com o PT no estado e deve migrar para a base de ACM Neto (União Brasil)

Publicado em 14/02/2022, às 16h52 - Atualizado às 17h08    Vagner Souza/Arquivo BNews    Léo Sousa

O deputado federal Marcelo Nilo (PSB) pode definir o seu futuro partidário em reunião com o presidente nacional do PSB, Carlos Siqueira, na próxima quarta-feira (16), em Brasília. O encontro foi confirmado pelo parlamentar ao BNews, sem dar detalhes.

A permanência do ex-presidente da Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA) no PSB é dada como pouco provável, diante do rompimento de Nilo com a base petista no estado e a sua iminente migração para o grupo de ACM Neto (União Brasil).

O arranjo pode envolver o lançamento de Marcelo Nilo ao Senado na chapa do ex-prefeito e pré-candidato a governador. Para isso, antes, o pessebista precisaria de abrigo em uma sigla da base netista. Na bolsa de apostas, um dos cotados é o Republicanos. A sigla presidida pelo deputado federal Márcio Marinho, inclusive, já sinalizou estar "de portas abertas" para o ex-aliado petista.

Presidente estadual do partido, a deputada federal Lídice da Mata deu sinal vermelho para a possibilidade do correligionário continuar na sigla caso se alie com a oposição. Nilo planeja se reunir amanhã (15) com a dirigente para tratar do assunto.

"Chamei ela pra um café da manhã, mas até agora não me respondeu [...] Me dou muito bem com Lídice da Mata. Ela queria conversar comigo, passei mensagem convidando para a gente sentar", disse, em conversa com o BNews.

Em entrevista ao jornal Tribuna da Bahia publicada hoje, Lídice lamentou a saída de Nilo da base, mas reforçou que o político é "maior de idade" e "tem o direito de fazer o que achar melhor".

“Eu lamento que Marcelo saia da base. Claro que eu lamento, mas acho que ele é maior de idade e tem o seu próprio pensamento. Tem o direito de fazer o que achar melhor. No entanto, o PSB tem um posicionamento político e obviamente que eu apelo e apelarei a Marcelo para que ele siga o posicionamento político do PSB”, declarou a líder pessebista.

Siga o BNews no Google Notícias e receba os principais destaques do dia em primeira mão!

Classificação Indicativa: Livre