Eleições / Eleições 2022

Jair Bolsonaro insinua que pesquisa Datafolha onde aparece 21% atrás de Lula foi "comprada"

Clauber Cléber Caetano/PR

Declaração de Jair Bolsonaro foi dada em live, realizada na noite desta sexta-feira (27)

Publicado em 28/05/2022, às 09h35    Clauber Cléber Caetano/PR    Redação

O presidente Jair Bolsonaro (PL) disparou contra uma pesquisa do Instituto Datafolha, divulgada na última quinta-feira (26), em que aparece 21% atrás do ex-presidente Lula (PT), insinuando que o levantamento teria sido "comprado".

Na sondagem, o liberal aparece com 27% das intenções de voto, contra 48% do petista. O ataque de Bolsonaro ocorreu em uma live realizada nesta sexta-feira (27), à noite.

Nela, segundo o portal Metrópoles, Bolsonaro citou uma delação do ex-ministro Antônio Palocci sobre um acerto de propinas com a empreiteira Andrade Gutierrez para bancar pesquisas eleitorais para o PT em 2010, quando a sigla já havia definido a ex-ministra Dilma Rousseff (PT) como candidata à sucessão de Lula na ocasião.

“Então os caras compraram pesquisas para divulgar índices favoráveis ao PT. Quando chegava pesquisa contrária, a pesquisa era engavetada, jogada no lixo, triturada, incinerada. É assim. E não há diferença hoje em dia no Datafolha”, disparou o chefe do Executivo federal.

Leia também:

“Será que o Datafolha está jogando, fazendo tabelinha com uma instituição por aí que diz que lá tudo é inexpugnável? O que está acontecendo?”, indagou Jair Bolsonaro.

Conforme a pesquisa, em terceiro lugar aparece o ex-ministro e ex-governador do Ceará, Ciro Gomes (PDT), com 7% das intenções de voto. André Janones (Avante) e Simone Tebet (MDB), aparecem com 2%, cada.

Além deles, também foram citados, com 1%, cada, Pablo Marçal (PROS) e Vera Lúcia (PSTU). Brancos e nulos representam 7%. Os que "Não Sabem" são 4%. A pesquisa foi a primeira divulgada após a desistência do ex-governador de São Paulo, João Doria (PSDB), da corrida ao Planalto.

O levantamento, feito com 2.556 entrevistados acima de 16 anos, em 181 municípios de todos os estados brasileiros, foi realizado entre as últimas quarta (25) e quinta-feira (26). A margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou para menos.

Siga o BNews no Google Notícias e receba as principais notícias do dia em primeira mão!

Classificação Indicativa: Livre