Eleições / Eleições 2022

Por que o movimento negro ficou na bronca com Janja, esposa de Lula? Veja foto da polêmica

Foto: Ricardo Stuckert/BNews

Esposa de Lula, Janja esteve com vice-presidenta da Colômbia em encontro no Brasil

Publicado em 28/07/2022, às 09h30 - Atualizado às 09h31    Foto: Ricardo Stuckert/BNews    Redação BNews

A intenção até pareceu das melhores, mas não pegou bem. Esposa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), a socióloga Janja publicou uma foto após o encontro com Francia Marquez, vice-presidente eleita da Colômbia, e virou alvo de críticas do movimento negro.

Francia Marquez é a primeira mulher e a primeira pessoa negra a ocupar a vice-presidência colombiana. Ela foi uma das principais puxadoras dos votos que culminaram na eleição de Gustavo Petro e a coalizão de esquerda à presidência do Brasil.

Francia esteve no Brasil entre as últimas segunda e terça, 26 e 27 de julho, para encontros com Lula e Dilma Rousseff (PT) no Rio de Janeiro e São Paulo.

Na imagem que gerou polêmica, a vice colombiana aparece ao centro da foto que tem nomes como Gleisi Hoffman (PT), Tabata Amaral (PSB) e a própria Janja, que escreveu na legenda da imagem: "Na luta por uma América Latina com Equidade de Gênero e Igualdade Racial. Temos um longo caminho até lá e é uma honra trilhar esse caminho ao seu lado, Francia Márquez".

Apesar da legenda falando sobre a equidade racial, Francia foi a única negra na imagem, o que fez vários militantes chamarem atenção para a discrepância entre discurso e prática.

"Acho que faltou mais negritude nesta foto, hein? Se queremos falar de equidade, mulheres negras que são maioria da população não podem ser vista apenas como a exceção", escreveu a jornalista Daiane Oliveira.

Idealizador da Reexistência Lab, iniciativa voltada para o desenvolvimento de pessoas negras e LGBTQIA+, Elton de Castro foi outro crítico da imagem.

"Igualdade racial, Janja? Com cinco mulheres brancas e uma negra? Qual o motivo de lideranças negras não estarem nesse evento? Qual a igualdade racial aí? Equidade de gênero, com um monte de mulher branca? Se não racializar essa questão, nunca você terá uma mínima equidade", afirmou Elton.

Advogado e professor da FGV, Thiago Amparo ironizou a foto destacando o trecho em que Janja escreve sobre igualdade racial. O professor ainda lembrou que, na Colômbia, a população negra representa cerca de 10% do todo e mesmo assim conseguiu eleger uma mulher negra ao cargo de vice.

O cenário é diferente do Brasil, em que mais de 50% da população se autodeclara preta, mas nunca uma pessoa negra conseguiu chegar à presidência.

Siga o TikTok do BNews e fique por dentro das novidades.

Classificação Indicativa: Livre