Entretenimento

Rui Costa se posiciona contra Carnaval em 2022 e ironiza: 'vai ter com todo mundo usando máscara'

Dinaldo Silva/BNews

Governador conversou com a mídia durante coletiva nesta terça (24)

Publicado em 24/08/2021, às 10h56    Dinaldo Silva/BNews    Brenda Viana e Nilson Marinho

O governador Rui Costa (PT), comentou, durante coletiva na manhã desta terça-feira (24), que acha prematuro ter a conversa sobre Carnaval em Salvador, principalmente porque ainda há pacientes internados nas UTIs do estado com Covid-19.

“Eu só vejo todo mundo perguntando quando vai ter Carnaval, quando vai ter festa. Eu confesso que eu fico, às vezes, me perguntando: “Em que mundo eu estou?”. Porque eu, inclusive, gostaria de ver uma pressão da mídia, da imprensa, falando o seguinte: ‘quando os municípios vão voltar às aulas, no Brasil? Quando as Universidades vão voltar às aulas ou fazer pesquisa?’”, questionou o governador. 

Leia mais:

Rui diz que novo decreto deve autorizar eventos com mais de 300 pessoas na Bahia

Ainda na coletiva realizada na Vila Militar, na Cidade Baixa, Rui Costa ironizou que não há possibilidade de realizar uma festa tão grande com a população usando máscaras, principalmente porque alguns soteropolitanos não seguem a risca as recomendações das autoridades de saúde. Exemplo disso foi o ‘mini bloquinho de Carnaval’ realizado na noite de domingo (22), no Porto da Barra.

“Ninguém vai imaginar que vai ter carnaval todo mundo usando máscara, né? O réveillon e todo mundo de máscara. Se você chegar e disser  isso na França, Israel ou Estados Unidos, a pessoa vai olhar para você e dizer: ‘Tá ficando doido?’ Então, acho prematuro a gente estar afirmando ou programando esse tipo de atividade hoje”, completou.

Leia também:

Porto da Barra lota e cidadão questiona: "Para quê evento-teste?"

Bruno Reis condiciona realização de evento-teste a comportamento da variante Delta em Salvador

Classificação Indicativa: Livre