Entretenimento

Acusação de racismo contra Luísa Sonza tem novo desdobramento; confira

Reprodução / Instagram

Cantora sofre acusação de racismo de uma advogada após um suposto episódio em 2018

Publicado em 23/07/2022, às 13h19    Reprodução / Instagram    Redação

Quase quatro depois pode chegar ao fim o processo em que Luísa Sonza é acusada de praticar injúria racial contra a advogada Isabel Macedo de Jesus. Segundo informações divulgadas pelo colunista Ancelmo Góis, do jornal O Globo, foi marcada a audiência de conciliação entre as partes para o dia 14 de setemrbo, na 15ª Vara Cível do Rio de Janeiro.

Na ação, a advogada alegou que a cantora estava performando no palco próximo da mesa em que estava e, ao passar por ela, lhe deu um tapa no braço e que a artista perguntou se ela seria funcionária do local, por ser negra. A defesa da artista nega a acusação, que tem o pedido de uma indenização de R$ 10 mil.

No processo, o advogado da cantora,  José Estevam Macedo, que a defende em outros problemas com a Justiça, argumenta que a narrativa de Isabel é de cunho falso desde o começo do processo até o fim, pois há contradições nas alegações. Sendo assim, pede a extinção do processo e pede ainda que a autora seja multada por litigância de má fé por querer “usufruir de vantagens financeiras e obter seus cinco minutos de fama”.

A cantora, que viralizou nesta semana por causa de uma foto com sua cadelinha, chegou a se pronunciar na época sobre o assunto através das redes sociais. "Gente, tudo isso é mentira! Não acreditem nisso! Eu jamais teria esse tipo de atitude. Vocês me conhecem bem, sabem qual é meu caráter, minha índole. Eu jamais ofenderia outra pessoa por conta da cor de sua pele. Jamais! Essa acusação é absurda. Minha equipe já está tomando todas as providências jurídicas quanto ao caso".

Siga o TikTok do BNews e fique por dentro das novidades.

Classificação Indicativa: Livre