Entretenimento

Pocah detona Polícia Militar após ter show interrompido na Parada LGBTQIA+

Reprodução/Instagram

Pocah teve de encerrar o show por causa da Polícia Militar e as exigências

Publicado em 20/06/2022, às 11h42    Reprodução/Instagram    Redação

O que era para ser um show de celebração e respeito, virou um caos e desespero para a cantora Pocah. A artista, que tocou na 26ª Parada do Orgulho LGBTQIA+ de São Paulo, teve seu show interrompido e precisou encerrar sua passagem.

A ex-BBB contou, nas redes sociais, que estava pronta para fazer o evento desde às 12h para se apresentar às 15h55. No entanto, problemas ocorreram e a cantora só entrou no trio para cantar apenas às 17h20. Com isso, Pocah teve menos tempo para comemorar o dia e ainda teve de encerrar mais cedo porque a Polícia Militar de SP pediu que ela parasse o show após três músicas.

Leia mais sobre Pocah:
Namorada de cantor da La Fúria aponta imitação em nova música de MC Rebecca com Pocah e Lexa; assista
Pocah detalha conflitos com Ludmilla: “Chegamos a brigar muito feio”
Lexa, Gloria Groove e Danny Bond posam juntas de fio-dental; veja imagens

"Meu horário era às 15:55, entrei 17:20. Eu estava aqui desde meio-dia e meio no trio pronta. E infelizmente não pude cumprir nem metade do meu show porque pediram para encerrar a parada antes do horário combinado", disse Pocah no Twitter.

Já no Instagram, a cantora explicou com mais detalhes o ocorrido. "Eu apenas exijo respeito com meu trabalho, minha equipe e com meus fãs. (...) E tem que ver isso aí de encerrarem a parada antes do horário, hein! Um evento que era para celebrarmos o orgulho, a nossa existência... Terminar dessa forma! Tô indignada mesmo", comentou.

.(Imagem: Reprodução / Instagram)

Siga o Tiktok do BNews e fique por dentro das novidades.

Classificação Indicativa: Livre