Entretenimento

Thales Bretas critica veto de Bolsonaro à Lei Paulo Gustavo; confira

Reprodução/ Instagram

O presidente acabou vetando a proposta do projeto de lei destinado a cultura

Publicado em 06/04/2022, às 18h28    Reprodução/ Instagram    Redação Bnews

Após o veto do presidente Jair Bolsonaro à Lei Paulo Gustavo, na noite da última terça-feira (5), Thales Bretas, viúvo do ator, que faleceu em maio do ano passado, resolveu utilizar seu perfil oficial no Instagram para criticar a decisão.

O médico compartilhou uma publicação sobre o veto e comentou sobre o assunto. “Que tristeza ver nosso país tão desarticulado politicamente. Sem saber defender os interesses da cultura e o bem estar do povo”, escreveu.

thales

A lei destinaria R$ 3,86 bilhões de dinheiro federal para estados e municípios ajudarem o setor cultural a se recuperar dos impactos da crise causada pela pandemia da Covid-19. Em nota, a Secretaria-Geral da Presidência afirmou que o texto criaria despesa sem apresentar uma compensação na forma de redução de gastos.

Além de que o projeto iria comprimir as despesas discricionárias, que incluem o custeio da máquina pública, investimentos e verbas de emendas parlamentares. Estes recursos “se encontram em níveis criticamente baixos”, disse a secretaria.

Apesar da decisão, cabe ao Congresso Nacional manter ou derrubar o veto do presidente à lei. Para a rejeição da decisão do presidente será necessária a maioria absoluta dos votos de deputados e senadores (257 votos na Câmara e 41 votos no Senado).

Siga o BNews no Google Notícias e receba os principais destaques do dia em primeira mão!

Classificação Indicativa: Livre