Esporte

Robson Conceição perde a primeira luta na carreira e adia sonho de título mundial; resultado é contestado na web

[Robson Conceição perde a primeira luta na carreira e adia sonho de título mundial; resultado é contestado na web]
11 de Setembro de 2021 às 08:54 Por: Divulgação Por: Redação BNews

Robson Conceição subiu no ringue nesta sexta-feira (10) em busca de se aproximar ainda mais da disputa pelo título mundial. O confronto, realizado na cidade de Tucson, no Arizona, nos Estados Unidos, foi contra Oscar Valdez, também invicto e campeão do Conselho Mundial de Boxe (WBC).

Leia também
Baiano Breno Correia analisa realidade da natação no Brasil: 'Falta um pouco de incentivo'
Bíceps de lutador russo de MMA "estoura" durante luta
Fora de Tóquio, Allan do Carmo prega cautela sobre 3ª olimpíada: 'seguindo pouco a pouco'

Após 12 rounds de intensa troca de golpes, o pugilista baiano, que recentemente gerou polêmica ao rebater o governador Rui Costa, acabou sendo superado, conforme decisão dos juízes, e amargou a primeira derrota na carreira. O resultado deixou o primeiro campeão olímpico de boxe do Brasil longe do cinturão, que já foi ostentado por apenas sete lutadores nacionais, são eles: Éder Jofre, Miguel de Oliveira, Acelino 'Popó', Waldermir 'Sertão', Rose Volante e Patrick Teixeira.

No entanto, a decisão dos juízes contrariou os internautas, que foram às redes sociais contestar o resultado da luta. No Twitter, por exemplo, diversos usuários afirmaram que Robson foi "roubado", o que rendeu também diversas brincadeiras na web.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Agora, o baiano de 32 anos, que foi medalha de ouro nos Jogos Olímpicos do Rio, em 2016, tem um cartel profissional de 16 vitórias e uma derrota.

Classificação Indicativa: Livre


Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Compartilhar