Justiça

Alphaville: Após passar por emergência do Aliança, idoso é transferido para clínica de repouso

[Alphaville: Após passar por emergência do Aliança, idoso é transferido para clínica de repouso]
12 de Janeiro de 2021 às 09:18 Por: Arquivo BNews Por: Yasmin Garrido

A defesa do idoso acusado de assassinar a mulher a facadas no condomínio de Alphaville, em Salvador, no ano passado, comunicou ao 1º Juízo da 1ª Vara do Tribunal do Júri de Salvador que ele foi transferido para uma clínica particular de repouso em 9 de janeiro, após passar alguns dias internado no Hospital Aliança.

A comunicação foi anexada à ação penal nesta segunda-feira (11), junto com o relatório de alta do Aliança e o documento de entrada do réu na clínica de repouso. O idoso já havia estado no local, mas, em 31 de dezembro, precisou ser levado às pressas à emergência, em razão de quadro de saturação baixa de oxigênio.

“No mesmo dia em que o Investigado foi admitido na referida clínica, foi constatado, poucas horas após a sua admissão que a sua saturação (Spo2) estava demasiadamente baixa, o que determinava a necessidade de nova internação hospitalar”.

Ainda segundo petição anexada pelos advogados do réu, assim que ele tiver alta do Aliança, deverá retornar à clínica particular para retomar o cumprimento da prisão domiciliar. “Até a presente data o Investigado encontra-se no Hospital Aliança, permanecendo a defesa com a incumbência de prestar a informação da efetivação da transferência do Investigado da unidade hospitalar para a clínica tão logo o mesmo obtenha a almejada alta médica”.

O idoso, que é réu em ação penal, volta agora a cumprir prisão domiciliar na clínica particular de repouso, medida determinada pela Justiça após ele ter alta do Hospital São Rafael.

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Compartilhar