Justiça

1º turma do STF marca julgamento do habeas corpus de Zé Trovão

Reprodução/Redes Sociais

Caminhoneiro bolsonarista ganhou notoriedade por publicar vídeos defendendo o presidente Jair Bolsonaro (sem partido), chamava a população para atos antidemocráticos no feriado da independência

Publicado em 25/11/2021, às 10h12    Reprodução/Redes Sociais    Redação BNews

A Primeira Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) pautou o julgamento do último pedido de habeas corpus do caminhoneiro e youtuber Zé Trovão, o Marcos Antônio Pereira Gomes, para acontecer entre os dias 3 e 10 de dezembro. 

As informações são do jornal O Globo. Zé Trovão foi preso dia 26 de outubro, quando se entregou à Polícia Federal de Joinville (SC). Ele estava foragido desde o dia 3 de setembro. 

O pedido de prisão preventiva foi apresentado pela Procuradoria-Geral da República (PGR) e autorizado pelo ministro do Supremo Alexandre de Moraes. Enquanto estava foragido, a defesa de Zé Trovão apresentou um pedido de habeas corpus que foi negado pelo STF.

No novo pedido, a defesa pede que o ministro Luís Roberto Barroso reconsidere a decisão anterior. Além disso, os advogados do bolsonarista também pedem a substituição da prisão preventiva por medidas cautelares - como o uso da tornozeleira.

O caminhoneiro é investigado por ameaças à democracia na convocação de “atos violentos de protesto” durante as manifestações organizadas no 7 de setembro. Zé Trovão ganhou notoriedade por publicar vídeos defendendo o presidente Jair Bolsonaro (sem partido), e chamando a população para atos antidemocráticos no feriado da independência.

Leia Também

Bolsonaro bate de frente com Lula sobre regulamentação da mídia

Famosos cobram até R$ 150 mil por presença VIP; saiba o valor de alguns cachês

Jovem estava a bordo de avião que caiu no mar

Alemanha bate novo recorde de casos de Covid e chega a 100 mil mortes pela doença

Classificação Indicativa: Livre