Polícia

Empresário suspeito de agredir namorada que caiu do 5º andar tem prisão convertida em preventiva

Gabriela Icó/BNews
O empresário é suspeito de agredir a namorada; ela teria se jogado para fugir das agressões  |   Bnews - Divulgação Gabriela Icó/BNews
Gabriela Icó

por Gabriela Icó

[email protected]

Publicado em 11/06/2024, às 11h39



O empresário Igor Costa Campos, de 39 anos, suspeito de agredir a namorada grávida, que se jogou do quinto andar de um prédio, em um condomínio de luxo localizado na Avenida Paralela, teve a prisão convertida em preventiva.

O BNews flagrou o momento em que ele deixou a audiência de custódia realizada na Comarca de Salvador, na manhã desta terça (11). Antes de ser colocado em uma viatura da Polícia Civil, Igor disse à imprensa que não agrediu a namorada no domingo (9), mas que tentou evitar que ela se lançasse do quinto andar. Ainda de acordo com ele, os dois estavam bebendo vinho.

"Meu cliente diz que não agrediu em momento nenhum a vítima, pelo contrário, disse que tentou evitar que ela se jogasse do quinto andar, que ela discutiu com ele e que se trancou no quarto. A todo momento, ele buscou evitar as agressões por parte dela, mas não praticou nenhuma das agressões que foram informadas na unidade policial", comentou Carlos Magnavita, advogado do empresário.

Vítima

A jovem, de 27 anos, natural de Maceió, em Alagoas, diz que foi agredida pelo namorado após revelar que estava grávida. Apesar da altura da queda, ela não teve ferimentos graves e recebeu alta médica nesta segunda-feira (10).

A vítima foi socorrida por uma médica que mora no condomínio e, em seguida, por uma equipe de paramédicos do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), que levou a paciente para um hospital da capital baiana.

Já o empresário foi contido por vizinhos e conduzido por policiais militares da 82ª Companhia Independente (CIPM/CAB-Paralela) para a Delegacia Especial de Atendimento à Mulher (Deam).

Classificação Indicativa: Livre

FacebookTwitterWhatsApp