Polícia

MP-BA instaura procedimento e acompanha inquérito sobre morte de empresário na Garibaldi

Arquivo pessoal

O procedimento é de responsabilidade da promotora Isabel Adelaide

Publicado em 17/12/2021, às 13h59    Arquivo pessoal    Redação BNews

O Ministério Público da Bahia (MP-BA) abriu um procedimento, de responsabilidade da promotora Isabel Adelaide, do Núcleo do Júri, sobre a morte de Antônio José Trocoli da Silveira, na Avenida Garibaldi, em Salvador. Segundo nota enviada na tarde desta sexta-feira (17), a promotora estará na corregedoria da Polícia Militar para acompanhamento do Inquérito Policial Militar (IPM), na segunda-feira (20).

O empresário e ex-servidor do Tribunal de Contas dos Municípios (TCM) foi morto na noite da última quarta-feira (15). Segundo a Polícia Militar, um relatório da 41ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM) IPM aponta que, por volta das 22h10, policiais militares da unidade foram acionados pelo Cicom, para averiguar uma denúncia de um homem armado, a bordo de um veículo Ranger azul agredindo transeuntes em via pública na Praça Lord Cochrane.

"No local a guarnição identificou um indivíduo que estava fora do veículo cujas características eram similares às que foram passadas pelo CICOM, e que estava visivelmente agitado. Dada a voz de abordagem, o suspeito gritou que estava armado, e que não iria colocar as mãos sobre a cabeça para a realização da abordagem, momento em que sacou abruptamente uma arma, sendo necessário os militares efetuarem disparos de arma de fogo, o homem foi atingido e imediatamente socorrido para o Hospital Geral do Estado (HGE), onde não resistiu aos ferimentos", informou a PM.

A vítima era também irmão do ex-diretor-geral da Defesa Civil de Salvador (Codesal), Alvaro Silveira Filho, que lamentou nas redes sociais a morte do irmão. “Meu irmão, meu caçula, quantas histórias vivemos juntos e hoje você me deixa. Me consola a certeza de que você será recebido por nossos queridos pais Álvaro e Ceres e por seu filho Alexandre. Vá em paz, meu caçula. Te amarei eternamente”, escreveu, na legenda da foto onde aparece ao lado do irmão.

O filho do empresário, o lutador de MMA, Antonio Trocoli "malvado", publicou nos stories do Instagram um vídeo que seria do momento em que o pai foi morto. Na primeira imagem, é possível ver o ex-servidor do Tribunal de Contas dos Municípios com as mãos da cabeça, como se estivesse rendido. O jovem escreve "Com a mão na cabeça?! Quero o nome do soldado". No outro vídeo, os tiros são deflagrados.

Assista:



Siga o BNews no Google Notícias e receba as principais notícias do dia em primeira mão.

Classificação Indicativa: Livre