Polícia

Operação Grande Serra: 29 pessoas são presas por tráfico de drogas e associação criminosa

Tony Silva

Armas, dinheiro e drogas foram apreendidos

Publicado em 07/12/2021, às 21h09    Tony Silva    Redação

Uma operação das Polícias Civil e Militar, batizada de Grande Serra, cumpriu mandados de prisão e de busca e apreensão, nesta terça-feira (7), em cinco municípios da região da Chapada Diamantina e nos estados de Minas Gerais, São Paulo e Distrito Federal. Ao todo, 26 homens e três mulheres foram presos. A operação deflagrada pela 12ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin/Itaberaba).

Além dessas pessoas presas, alguns acusados também foram autuados em flagrante, após policiais de diversas unidades da Polícia Civil e guarnições da Polícia Militar apreenderem mais de R$ 100 mil em cheques, aproximadamente R$ 14 mil em dinheiro e notas promissórias somando R$ 30 mil, além de dois veículos com sinais identificadores adulterados.

Os policiais apreenderam ainda 20 quilos de drogas, entre maconha e cocaína, uma pistola, revólveres calibres 38 e 33, mais de 100 munições, além de aparelhos celulares, balanças de precisão, binóculos e outros dispositivos eletrônicos.

Todas as prisões e apreensões foram realizadas nos municípios de Itaberaba, Mundo Novo, Ruy Barbosa, Campo Formoso e Jacobina.

Após a operação, o coordenador da 12ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin/Itaberaba) afirmou que “Tivemos 29 mandados de prisão cumpridos, dos 32 decretados. Esse material aprendido passará por perícia. Os celulares e os outros eletrônicos poderão contribuir para a coleta de novas informações, que nos leve a outros envolvidos. A desarticulação desse grupo impactará na expressiva redução dos crimes contra e vida e o tráfico de drogas nesta região”, contabilizou.

Integram o grupo policiais da Coordenação de Operações Especiais (Coe), das Coordenadorias Regionais de Polícia do Interior (Coorpins) de Feira de Santana, Alagoinhas, Santo Antônio de Jesus, Santo Amaro, Jequié, Seabra e Irecê, a Coordenação de Apoio Tático a Investigação (Cati) do Departamento de Polícia do Interior (Depin), de Irecê, Central e Leste, unidades da Companhia Independente de Policiamento Especializado (Cipe/Semiárido e Chapada), 11ª Batalhão de Polícia Militar (BPM/Itaberaba) 42ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM/ Lençóis) 98ª CIPM/Ipirá e Cippa/Lençóis.

Classificação Indicativa: Livre