Política

ACM Neto: "Não vou perder meu tempo falando de Roberto Jefferson"

[ACM Neto: "Não vou perder meu tempo falando de Roberto Jefferson"]
09 de Novembro de 2020 às 19:09 Por: BNews Por: Tiago Paiva e Henrique Brinco

O presidente nacional DEM e prefeito de Salvador, ACM Neto, optou por não comentar os novos ataques do presidente nacional do PTB, Roberto Jefferson. Em entrevista ao BNews, o ex-deputado condenado no Mensalão disse que o senador Antônio Carlos Magalhães, avô do baiano, "deve virar na tumba" ao vê-lo "agarrado" ao governador Rui Costa (PT). Os dois atuaram juntos no combate contra a Covid-19.

"Não vou perder meu tempo falando de Roberto Jefferson. Tenho aqui uma cidade para cuidar, um partido nacional para presidir, tenho responsabilidades com a minha sucessão daqui há menos de uma semana. Tenho tanta coisa para fazer na minha vida. Confesso que nem li essa entrevista e nem posso ficar batendo boca com uma pessoa que não marece atenção da minha parte", declarou ao ser questionado pelo BNews, nesta segunda-feira (9).

Não é de hoje que Jefferson vem tecendo críticas contra o baiano. No início da campanha eleitoral, inclusive, ele tentou tirar o PTB da base de apoio do candidato a prefeito Bruno Reis (DEM). A Justiça Eleitoral, todavia, vetou o arranjo.

Na entrevista, o petebista disse que falta "senso" de liderança ao democrata que, nas palavras dele, "enterrou aliados" e exemplificou citando José Carlos Aleluia, Benito Gama, Lázaro e Jutahy Magalhães.

"Ele é o netinho de vovó, criado por vó. Ele recebeu como se fosse uma herança imperial. Ele é uma sucessão do império, ele é o príncipe. Ele não viveu a força no campo lutando, pelejando. Ele encontrou pronto. Quem foi o grande construtor foi o velho Antônio Carlos Magalhães que deve virar na tumba quando vê ACM Neto agarrado com Rui Costa", alfinetou.

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Compartilhar