Política

Adolfo Menezes vai consultar jurídico sobre venda do Centro de Convenções

Divulgação

Publicado em 27/11/2021, às 05h55    Divulgação    Pedro Vilas Boas

O presidente da AL-BA (Assembleia Legislativa da Bahia), Adolfo Menezes (PSD), disse ao BNews que vai se reunir com a área jurídica da Casa na próxima segunda-feira (29) para discutir como proceder em relação à tramitação do projeto de lei que prevê a venda do Centro de Convenções estadual.

Isso porque o juiz Marivaldo Pereira da Silva, da 34º Vara da Justiça do Trabalho de Salvador, enviou um ofício diretamente a Menezes orientando que, caso a proposta seja aprovada, os recursos da venda sejam destinados ao pagamento de ex-funcionários da extinta Bahiatursa. Também foi sugerida a possibilidade do projeto ser suspenso.

Na última terça-feira (23), os deputados governistas conseguiram aprovar na AL-BA requerimentos de urgência para a tramitação de quatro projetos de lei que preveem a venda pelo governo do estado do Centro de Convenções estadual, rodoviária, Detran e Junta Médica.

Matérias Relacionadas: Líder do governo na AL-BA indicou cinco deputados para CPI da Coelba que não assinaram requerimento

Rui Costa torna obrigatória vacinação para uso de transporte; veja regras

O governo Rui Costa (PT) tenta, novamente, conseguir junto à Assembleia a autorização para vender os imóveis. Desta vez, enviou um projeto de lei para cada, ao invés de apresentar uma proposta contendo esses e outros 23 imóveis.

O governo desistiu do projeto original após liminar da Justiça que suspendeu a proposta, atendendo a pedido do deputado Hilton Coelho (PSOL), que alegou que o projeto não detalhava as vendas. O Ministério Público da Bahia (MP-BA) também cobrou que o Executivo enviasse mais informações.

 Acompanhe o BNews também nas redes sociais, através do Instagram, do Facebook e do Twitter

Classificação Indicativa: Livre