Política

Adolfo Menezes diz quando projeto sobre pensões militares pode ser votado; confira

Dinaldo Silva/BNews

Presidente da ALBA, deputado Adolfo Menezes (PSD), falou sobre impasse entre situação e oposição para a votação de PLs importantes

Publicado em 27/07/2022, às 17h23    Dinaldo Silva/BNews    Yuri Abreu

O presidente da Assembleia Legislativa da Bahia (ALBA), deputado estadual Adolfo Menezes (PSD), deu uma estimativa, nesta quarta-feira (27), de quando o PL do Executivo que versa sobre as pensões militares a agentes da corporação no estado será votada, após a sessão de hoje ter terminado sem acordo.

Segundo o parlamentar, a tendência é a de que a apreciação e a votação da matéria ocorram a partir das 11h desta quinta-feira (28), em sessão convocada pelo pessedista. Antes, às 9h, deve haver uma reunião entre deputados da oposição e da situação para se chegar a um acordo.

"Temos nove projetos sobrestando a pauta. Por isso, foi acordada uma reunião para que possamos colocar em votação alguns projetos desses que não tem muito conflito no entendimento entre oposição e situação. Acredito que amanhã [quinta-feira] seja possível votar entre 4 e 5 projetos", afirmou ele.

Nesse rol, conforme Menezes, pode estar o polêmico projeto de lei das pensões militares. "É uma questão humanitária. São 147 pensionistas que dependem de receber e está esse impasse (...). Alguns acham que o projeto está errado, mas depende do entendimento. O [deputado] Soldado Prisco ajuizou naquela época, com uma interferência indevida do poder judiciário, mas tivermos de respeitar, recorremos, derrubamos a liminar em Brasília, e ela está pronta para ser votada", analisou o presidente da ALBA.

"O líder [do governo, deputado Rosemberg Pinto] tem mostrado, junto com o secretário da Casa Civil [Carlos Mello], que não prejudica, apenas regulamenta. Por isso, amanhã a gente acredita que pelo menos esse, que é o que está tendo mais impacto na vida dessas viúvas, pode ser votado", completou o parlamentar.

Siga o TikTok do BNews e fique por dentro das novidades.

Classificação Indicativa: Livre