Coronavírus

CPI: Otto cobra à Anvisa urgência em análises e questiona negativa a barreiras sanitárias

[CPI: Otto cobra à Anvisa urgência em análises e questiona negativa a barreiras sanitárias]
11 de Maio de 2021 às 14:57 Por: Jefferson Rudy/Agência Senado Por: Léo Sousa

O senador pela Bahia Otto Alencar (PSD) cobrou ao presidente da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), Antônio Barra Torres, "urgência" na análise de pedidos de autorização de vacinas e de remédios contra o novo coronavírus.

O chefe da agência reguladora é ouvido no início da tarde desta terça-feira (11) em sessão da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Covid, no Senado Federal.

Otto questionou a Barra Torres por que a Sputnik V foi uma das primeiras vacinas a ter o pedido de autorização apresentado à Anvisa, mas ainda não teve o uso liberado. 

Em resposta, o presidente da agência creditou a indefinição à "demora" no retorno de documentos sobre o imunizante russo pela União Química, laboratório brasileiro que irá produzir a vacina. Com cerca de dez milhões de doses da Sputnik V compradas, o governo da Bahia aguarda a resolução do impasse.

O senador também criticou o tempo levado pela Anvisa para autorizar o uso do Remdesivir, antiviral com efeitos contra a Covid-19. A liberação pelo órgão regulador aconteceu no dia 12 de março.

"Depois de dez meses que eu solicitei foi que a Anvisa veio liberar, agora em março. Uma droga comprovadamente eficaz", disse Alencar. O parlamentar lembrou ainda o episódio em que a agência negou o pedido do governo baiano de fazer barreiras sanitárias nos aeroportos, em 2020.

"Quando nós pedimos na Bahia pra fazer barreira sanitária, vossa senhoria negou. Vossa senhoria sabe que em viroses barreiras sanitárias são fundamentais. Não tinha porquê... Barreira sanitária é fundamental pra qualquer tipo de virose, doença [...] Essa é uma doença que precisa de urgência, isso é uma coisa séria", criticou.

Leia também:

CPI: Eduardo Girão pede para exibir trecho da entrevista com a mãe de Paulo Gustavo

CPI: Senador do DEM tenta barrar nova convocação do ministro da Saúde

Diretor da Anvisa reitera confiança em insumos da China e nega impacto de declarações do governo

'A conduta do presidente difere da minha', diz presidente da Anvisa sobre uso de máscaras

Presidente da Anvisa confirma tentativa de mudar bula de cloroquina e diz que foi contra

Sputnik: Presidente da Anvisa diz esperar que problemas sejam superados e nega interferência

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Compartilhar