Política

Eleições: Procurador rejeita pedido do DEM para investigar Rui e Wagner

Divulgação

O partido de ACM Neto alegava abuso de poder econômico para investigar Rui e Wagner

Publicado em 20/12/2021, às 17h23    Divulgação    Redação BNews

O Ministério Público Federal (MPF) pediu o arquivamento de uma ação movida pelo DEM contra o governador Rui Costa e o senador Jaques Wagner, ambos do PT. Na ação, o partido questionava a campanha institucional do governo do Estado comemorando os 15 anos do programa "Água Para Todos", criado por Wagner quando governou a Bahia, e postagens do senador comemorando o aniversário do programa. O MPF entendeu que não houve nenhuma irregularidade por parte dos petistas.

O procurador regional eleitoral Fernando Túlio da Silva não endossou os argumentos do DEM e determinou “o pronto indeferimento do pedido de instauração de procedimento investigatório”. De acordo com o MPF, os fatos descritos pelo DEM, ocorridos fora do período eleitoral, “não atraem a incidência das hipóteses de conduta vedada aos agentes públicos tipificadas na norma de regência ou permitem a caracterização do alegado abuso de poder político”.

Ainda de acordo com o MPF, “a simples mensagem subliminar da publicidade – que, como defende o representante, sugeriria uma manobra para vincular o denominado programa ‘Água Para Todos’ ao ex-governador Jaques Wagner, em cuja gestão tivera início – sequer configuraria propaganda antecipada, menos ainda o afirmado abuso de poder político”.

Leia mais: Jaques Wagner provoca ACM Neto: “Ele está nervoso”

'Debate hoje dentro do PP é João Leão', diz Leal sobre especulação de ser vice de Wagner

João Leão: chapa Lula-Alckmin é “caixão e vela” para os adversários

Jaques Wagner x ACM Neto

pesquisa Real Time/Record divulgada na manhã desta segunda-feira (29) mostra o cenário de empate técnico entre Wagner e ACM Neto (DEM) quando o nome do ex-presidente Lula (PT) é colado com a imagem do senador baiano.

ACM Neto sem um candidato a presidente, como tem pregado possuir um palanque aberto na Bahia, aparece com 36%. Wagner com Lula 34%. Como a pesquisa tem margem de erro de três pontos para mais ou para menos, o empate fica evidente.

João Roma (Republicanos) com Bolsonaro (sem partido) surge no cenário do levantamento com 13% e Bernadete do PSOL colada ao nome de Guilherme Boulos (PSOL) com 3%.

A pesquisa foi feita nos últimos dias 24 e 25. Ela foi divulgada na TV nesta segunda-feira. Foram ouvidas mil pessoas por telefone. A margem de erro é de 3 pontos percentuais, para mais ou para menos, e o nível de confiança é de 95%.

Siga o BNews no Google Notícias e receba os principais destaques do dia em primeira mão!

Classificação Indicativa: Livre