Política

Lídice critica Bolsonaro por crise na Petrobras: "Cortina de fumaça"

Divulgação/Câmara dos Deputados

Petrobras vem sendo alvo de críticas por parte de governistas e opostiores devido aos recentes aumentos de preços no valores dos combustíveis

Publicado em 22/06/2022, às 20h00    Divulgação/Câmara dos Deputados    Eduardo Dias e Thiago Conceição

A deputada federal Lídice da Mata (PSB) criticou o presidente Jair Bolsonaro (PL) pela crise na Petrobras. Na última semana, o então presidente da estatal, José Mauro Coelho, pediu demissão da presidência. Em seu lugar, assumiu inteirinamente o diretor executivo de exploração e produção, Fernando Borges, até a eleição e posse do novo presidente, como prevê o estatuto da empresa.

A Petrobras vem sendo alvo de críticas por parte de governistas e opostiores devido aos recentes aumentos de preços no valores dos combustíveis, como o diesel e a gasolina.

Leia também:

Segundo Lídice, a mudança de comando na estatal nada mais é do que "uma cortina de fumaça" do governo federal. A deputada ainda acusa o presidente Bolsonaro como o "grande responsável" pela alta dos preços dos combustíveis.

“Claro que ele é, como presidente da República, o grande responsável pela alta do preço dos combustíveis com essa política dolarizada. Bolsonaro sempre terceirizou tudo e sempre buscou um culpado para seu fracasso. Na pandemia ele foi contra a ciência; com a inflação ele culpa agentes externos, mas ele é o grande responsável pela comida mais cara e mais escassa na mesa do povo brasileiro e por essa inflação onde sobe o preço de tudo e os salários ficam achatados e sem poder de compra”, afirmou a deputada ao BNews.

Siga o Tiktok do BNews e fique por dentro das novidades.

Classificação Indicativa: Livre