Política

Sidninho se rebela no Podemos e já negocia com partido de Bolsonaro

Vereador está com um pé fora do partido - Foto: Vagner Souza/BNews

Apoio a João Roma também é confirmado por Sidninho

Publicado em 29/11/2021, às 14h37    Vereador está com um pé fora do partido - Foto: Vagner Souza/BNews    João Brandão e Henrique Brinco

O vereador Sidninho, cada vez mais com um pé fora do Podemos, confirmou que vai apoiar o ministro João Roma na eleição ao Governo da Bahia e Jair Bolsonaro na corrida presidencial de 2022. Ele também confirmou que está negociando uma possível migração para o PL. A informação foi dada na manhã desta segunda-feira (29).

"Hoje meu sentimento, e venho acompanhando bastante as notícias nacionais, é que é muito difícil a gente anular tudo que foi construído entre o Congresso dos parlamentares do Podemos e o presidente Bolsonaro. Então, qualquer decisão partidária terei mais pra frente, mas sigo o caminho do ministro João Roma. Siga o posicionamento e trabalharei em prol da reeleição do presidente Bolsonaro", declarou o sorteropolitano, em uma agenda com Roma na manhã desta segunda-feira (29).

A decisão contraria as orientações do Podemos - tanto na esfera local, como na nacional. Na Bahia, a sigla vai apoiar a candidatura de Jaques Wagner (PT). Já nacionalmente, o partido trabalha para lançar Sérgio Moro como candidato próprio ao Palácio do Planalto. Sem espaço na legenda, ele deve procurar um novo rumo em breve.

O edil confirmou os rumores de que está negociando uma migração para o PL, partido para o qual Bolsonaro irá se filiar nos próximos dias. Existe, inclusive, a possibilidade dele assumir a presidência municipal da legenda em Salvador. "O PL obviamente será o partido do presidente no estado da Bahia, bem como contará com tantos outros e já existe conversa nesse sentido", afirmou.

"Eu acho que em primeiro momento tem que se discutir entre os presidentes nacionais, qualquer caminho que o PL vai tomar aqui na Bahia enquanto Estado pra depois montar os diretórios. Lembrando que a candidatura do é para o estado da Bahia no Brasil", emendou.

Acompanhe o BNews também nas redes sociais, através do Instagram, do Facebook e do Twitter

Classificação Indicativa: Livre