Salvador

Na mira da CCJ, Limpurb contrata escritório de advocacia por R$ 205 mil para fiscalizar contratos

Betto Junior / Secom PMS

Na mira da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara de Salvador, a Limpurb resolveu contratar, por inexibilidade de licitação (sem competição licitatória), um escritório de advocacia para fiscalizar os contratos da Empresa de Limpeza Urbana da capital baiana

Publicado em 21/09/2021, às 09h19    Betto Junior / Secom PMS    João Brandão

Na mira da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara de Salvador, a Limpurb resolveu contratar, por inexibilidade de licitação (sem competição licitatória), um escritório de advocacia para fiscalizar os contratos da Empresa de Limpeza Urbana da capital baiana.

Conforme publicação no Diário Oficial do Município desta segunda-feira (20), o contrato com a Fragoso Modesto & Cerqueira Advocacia e Consultoria Jurídica é de R$ 205,9 mil para prestação de serviços de assessoria e consultoria técnica, jurídico administrativa, na área de Direito Administrativo, especificamente em licitações e contratos administrativos voltado aos setores de licitações, fiscalização e gestão de contratos da Limpurb.

Mês passado, o presidente da CCJ do Legislativo municipal, vereador Alexandre Aleluia (DEM), anunciou nas redes sociais que colocará para votação no colegiado a convocação do chefe da Limpurb, Omar Gordilho, para que explique no legislativo soteropolitano as ações do órgão responsável pela limpeza pública da capital baiana.

“Votarei na CCJ a convocação p o PR da Limpurb Omar G. p q explique na Comissão a utilização política da Diretoria de operações q está sob sua responsabilidade. É absurdo Diretoria importante p política eleitoral. Limpurb é p deixar a cidade limpa e n sujar a máquina pública (SIC)”, escreveu Aleluia em sua conta no Twitter.

Leia mais:

Alvo de protesto em Nova York, Bolsonaro chama manifestantes de "acéfalos"; veja vídeo

Prefeito de Nova York sugere locais de vacinação na cidade a Bolsonaro

Classificação Indicativa: Livre