Salvador

Mulher acusa professor de academia de agressão, ameaça e por divulgar vídeos íntimos

Reprodução/ RecordTV Itapoan

O namoro com o professor acabou há mais de um ano, mas ele teria ficado violento ao descobrir que ela estava em uma nova relação

Publicado em 26/01/2022, às 14h40    Reprodução/ RecordTV Itapoan    Redação BNews

Uma mulher está acusando o ex-namorado de agressão, ameaças e de divulgar vídeos íntimos por não aceitar o término do relacionamento. Juliete contou ao Balanço Geral nesta quarta-feira (26) que o namoro com um professor de academia de Salvador acabou há mais de um ano, mas ele teria ficado violento ao descobrir que ela estava em uma nova relação.

Na sexta-feira (21), ele teria invadido a casa da jovem e utilizado um capacete para agredi-la na cabeça. O homem teria ameaçado a vítima e o namorado dela com uma arma de fogo e só parou o ataque após vizinhos gritarem que chamariam a polícia. Juliete desmaiou e perdeu muito sangue após tanta pancada e foi parar na sala vermelha de um hospital.

“Eu não durmo, não consigo mais viver. Ele colocou minha imagem nas redes sociais como se eu fosse golpista, expôs vídeos íntimos meus. Ele quis me matar, não aceita o término mesmo depois de um ano e quatro meses. Ele mora na Cidade Nova e disse que, se eu desse queixa, ia matar a mim e toda a minha família. Estou com psicólogo, tomando remédio pra conseguir dormir”, descreveu Juliete.

Leia mais:

Suspeito de tráfico de drogas morre após trocar tiros com a PM em Valéria

Mulher mata vizinho a facadas após briga por jet ski

Ela prestou queixa na Delegacia Especial de Atendimento à Mulher (Deam) de Periperi e uma medida protetiva foi expedida a seu favor. “Ele está conseguindo destruir minha vinda mentalmente e fisicamente. Quero que ele seja preso, pague pelo que ele fez. Recebi vários pontos na cabeça, estou com hematomas pelo corpo. Além de tudo isso, ele criou fakes e quer manchar a minha imagem”, acrescentou a vítima.

A delegada Yola Nolasco disse ao Balanço Geral que está ouvindo pessoas para ter elementos suficientes para pedir a prisão do suspeito e dar o aparato suficiente para o Judiciário conceder a medida.

Siga o BNews no Google Notícias e receba as principais notícias do dia em primeira mão

Classificação Indicativa: 14 anos