Salvador

Pescador denuncia pesca com bomba em Ilha de Maré; veja vídeo

Reprodução/Redes Sociais

Indignado, pescador denuncia pesca com bomba e cobra a fiscalização dos órgãos públicos

Publicado em 28/03/2022, às 16h59    Reprodução/Redes Sociais    Redação BNews

Um pescador gravou um vídeo na manhã desta segunda-feira (28), em que denuncia a realização de pesca com bomba na praia de Botelho, Ilha de Maré, que pertence a Salvador. No vídeo que circula nas redes sociais, o homem mostra a mortandade de peixes devido a prática ilegal. Nas imagens é possível ver vários peixes mortos na beira da praia e também boiando no mar.

"Vim aqui com este vídeo mostrar a ação dos “bombeiros” (como popularmente são chamadas as pessoas que pescam com bomba) aqui na Ilha. Vinte e oito de março de 2022, olha a quantidade de peixes mortos na beira da praia. Olhe pra isso gente. Um absurdo", diz indignado o pescador durante a filmagem.

O pescador afirma que a prática ilegal tem sido realizada com frequência na Ilha e tem causado prejuízos para o ambiente marinho da região. Ele também cobra a fiscalização dos órgãos públicos. "Cadê os órgãos competentes para tomar providência? A Coppa, o Ibama, a Marinha, que fica logo ali no Porto de Aratu?".

Leia Mais:

Segundo maior barco de pesca do mundo derrama 100 mil peixes mortos no mar
Estudo explica que peixes podem sentir dor; entenda
Gato pesca peixe com a boca em lago e surpreende visitantes; assista

Assista:

Crime

A pesca com bomba é proibida em Salvador pela lei 9.482/2019 e prevê a apreensão dos produtos e subprodutos da pesca, assim como dos equipamentos utilizados e da embarcação ou veículo aquático, além das penalidades previstas na norma Federal. De acordo com a Constituição, “praticar pesca predatória, usando instrumento proibido, explosivo, erva ou substância química de qualquer natureza”, é crime com pena de 1 a 3 anos de reclusão.

Siga o BNews no Google Notícias e receba as principais notícias do dia em primeira mão.

Classificação Indicativa: Livre