BNews Turismo

Terminal VIP: Concessão dada pelo governo a aeroporto em Guarulhos não é novidade; entenda

Foto: Divulgação/Prefeitura de Guarulhos

Modelo de concessão de terminal VIP no aeroporto de Guarulhos também foi usado em shopping de Brasília

Publicado em 20/06/2022, às 07h55 - Atualizado às 08h00    Foto: Divulgação/Prefeitura de Guarulhos    Joana Cunha com Paulo Ricardo Martins e Gilmara Santos / Folhapress

O procedimento que vai permitir a construção de um terminal VIP em Guarulhos fora do prazo de vigência da concessão é uma tendência que já tem liberado investimento em aeroportos concedidos em rodadas antigas.

Por meio de uma portaria assinada em 2020 pelo Ministério da Infraestrutura, as concessionárias antigas têm negociado contratos comerciais que só teriam viabilidade econômica em um período maior. A medida permite a liberação do governo para acordos mais longos.

Leia também: 

No caso do novo terminal de Guarulhos, cuja concessão só dura mais dez anos, o governo libera um contrato de 40 anos para o empreendimento.

A concessionária do aeroporto de Guarulhos recebeu autorização do governo para assinar contrato para a construção de mais um terminal em Cumbica, a ser usado por clientes de alta renda.

Chamado de Terminal VIP, o projeto prevê investimentos de US$ 80 milhões (R$ 409 milhões) em uma área de 5.000 metros quadrados e 4.000 de área construída, segundo Ronei Glanzmann, secretário de nacional de Aviação Civil.

Ele afirma que se trata de um grupo árabe com sócios canadenses, operado pela Jetex, uma das maiores do setor. Não será apenas uma sala VIP. Será um terminal inteiro VIP, com foco apenas nos passageiros que possuem seus próprios aviões ou viajam na primeira classe, em alguns casos na classe executiva.

"Essa portaria tem viabilizado vários empreendimentos nessa pegada de promover investimento privado, porque só com dez anos de contrato de concessão não se consegue fazer grandes projetos no aeroporto", afirma Ronei Glanzmann, secretário nacional de Aviação Civil.

Com modelo semelhante, a concessionária Inframérica abriu neste mês o projeto do Partage Shopping Brasília, integrado ao complexo do aeroporto internacional da capital, com 130 lojas, mais de 20 restaurantes e sete salas de cinema em uma área construída em torno de 60 mil metros quadrados.

O plano do novo terminal liberado em Guarulhos prevê investimentos de US$ 80 milhões (R$ 410 milhões) em um espaço de 5.000 metros quadrados e 4.000 de área construída.

Siga o Tiktok do BNews e fique por dentro das novidades

Classificação Indicativa: Livre