BNews Pet

Entenda como ensinar seu cachorro a ficar sozinho em casa

Pixabay

Treinadores ensinam como lidar com seus pets na hora de sair de casa

Publicado em 02/12/2021, às 19h53    Pixabay    Redação

Nem sempre os tutores de cães conseguem se fazer presente na vida do pet por tempo integral. Muitas vezes, os donos de animais precisam sair de casa por alguns minutos ou, até mesmo, por algumas horas. Para evitar que nesse período o cão fique ansioso, uivando e destruindo objetos existem uma série de atitudes que os tutores podem tomar. Aprenda com especialistas como treinar o seu pet a ficar sozinho em casa.

Apesar de entender a necessidade dos donos de saírem de casa, o treinador de cães, David Molina, em vídeo da empresa “Purina”, alertou: “O ideal é não desaparecer de repente por seis ou sete horas de casa e deixar o cachorro sozinho do minuto zero”.

Uma opção para entreter o animal no período que seu tutor sai de casa é o uso de brinquedos recarregáveis, que entregam biscoitos e outras guloseimas. De acordo com o profissional, isso dará ao pet a oportunidade de morder e retirar comida.

Leia Mais:

Estudo revela que alimentar cães apenas uma vez por dia pode ser a chave para envelhecimento saudável
Será que cachorros e gatos conseguem reconhecer outros bichos e sons da televisão?
Gatos e espiritualidade: Entenda por quê esses felinos dormem tanto

“Se a nossa partida de casa for combinada com esse jogo, será uma hora divertida com essa bola. É um dos truques que funcionam melhor”, explicou Molina.

Outra dica é evitar o excesso de emoção na saída de casa e no retorno, segundo o treinador. Ele aconselhou: “Também é importante não fazer um drama na nossa partida e chegada à casa porque o cachorro fica muito mais nervoso”. No retorno do tutor para casa, Molina aconselhou esperar o animal se acalmar e, a partir daí, cumprimentá-lo.

Para os cães que têm ansiedade, a treinadora Daniela Olaya dá algumas dicas em seu perfil no Instagram. Para ela, nesses casos é necessário “positivar os sinais de saída, para reduzir a ansiedade que elas geram neles”.

Ao se preparar para sair, você, provavelmente, repete algumas ações como pegar as chaves, colocar os sapatos, pegar a mochila ou bolsa e, neste período de pandemia, pegar a máscara facial. O cachorro percebe que, ao realizar esses movimentos, o seu dono vai sair. Para evitar a ansiedade do cão, a especialista recomendou que, após cada ação, o tutor recompense o cachorro com uma guloseima.

Deixar um objeto pendurado na porta também é outra dica dada pela especialista. Assim, o cachorro entenderá que você retornará.

Acompanhe o BNews PET também no Instagram.

Classificação Indicativa: Livre