BNews Pet

Mulher estrangula cão ao ser abordada por policiais por cultivar maconha em casa; entenda

Guarda Civil

Os cães foram levados à justiça, permanecendo sob custódia da autoridade municipal

Publicado em 03/12/2021, às 13h00    Guarda Civil    Redação

A Guarda Civil resgatou cinco cães, um deles gravemente ferido, de uma casa na cidade de Villaluenga de la Sagra, Espanha. A proprietária, uma mulher de 38 anos, foi acusada de crime de abuso de animais e crime contra a saúde pública pelo cultivo ou fabricação de entorpecente. Na casa também foi encontrado 200 pés de maconha.

Os agentes do Posto Villaluenga de la Sagra receberam uma notificação, que alertava sobre os gritos de raiva de uma mulher que poderia estar sofrendo algum tipo de agressão ou precisando de ajuda. Os guardas civis foram ao local e observaram uma mulher com uma camisa ensanguentada e vários cães.

Ao ver os agentes, a mulher recusou qualquer tipo de ajuda e se lançou sobre um dos cães, da raça Border Collie, com um objeto pontiagudo, ameaçando machucá-lo caso os guardas civis não saíssem. Enquanto os agentes pediam à mulher que soltasse os animais, ela começou a estrangular um cachorro.

Depois de conseguir controlar a mulher, e garantir a vida do cão sem ferimentos graves, os agentes realizaram uma vistoria à casa, onde encontraram mais quatro cães de várias raças, incluindo um cachorro Pitbull de sete meses com vários cortes graves e sangramentos.

Com a colaboração da Polícia Local de Villaluenga, foi localizado um veterinário que apareceu para ajudar, conseguindo estabilizá-lo e salvar a vida do animal. Os cinco cães foram levados à justiça, permanecendo sob custódia da autoridade municipal.

Ainda segundo os agentes, também se localizava uma plantação de maconha em recinto fechado, com 200 plantas em diferentes estágios de crescimento e com todos os meios para sua produção.

Leia Mais:

Reação de gato salva tutor de ataque de serpente; entenda o caso
Vídeo de gato sonhando viraliza nas redes sociais e encanta internautas; assista

Acompanhe o BNews PET também no Instagram.

Classificação Indicativa: Livre