BNews Pet

“Não fui eu”: Cãolunista explica as razões mais comuns para o pum frequente em cachorros

Arquivo Pessoal

Saiba o que causa pum frequente nos cachorros e formas de evitar a flatulência

Publicado em 05/08/2022, às 06h00    Arquivo Pessoal    Oreo, o Cãolunista

Voltei, meus fãs!! E já adianto: essa semana, não sei o porquê, mas eu, o Cãolunista, estou cheio de gases. Sim, soltando bastante pum e um com o cheiro pior que o outro. Os humanos não aguentam mais ter de tapar o nariz. Não tenho culpa!! Eles resolveram trocar a minha ração, me colocando pra comer uma de sabor abóbora…agora, aguentem!!

Antes de tudo, saibam que não é algo tão natural um cachorro ficar soltando muitos puns, apesar de isso poder acontecer e nem sempre ser um problema. Esses gases, as famosas flatulências, são reflexos do nosso organismo, sendo um sinal de que a gente comeu alguma coisa diferente, estranha e que não caiu muito bem.

Calma, humanos!! Não precisam entrar em pânico, caso seu cão solte muitos puns. Minha tia Gigi (já falecida), era a rainha dos gases!! E minha humana conta que eles não cheiram muito bem…

Vou listar pra vocês, tutores, alguns motivos que levam os cães a soltarem pum:

  • Ingestão muito rápida de alimentos, tipo um aspirador, igual a meu tio Dendê;

  • Fermentação de alimentos no intestino;

  • Engolir ar durante as refeições;

  • Dieta pobre em nutrientes;

  • Alergias alimentares; e

  • Doenças no intestino.

[Colocar ALT]
Meu tio Dendê, aguardando pela refeição

Ingestão rápida

Quando seu amigo peludo come rápido demais, pode ser que ele esteja ansioso ou estressado. Atenção, tio Dendê!! Então, tutores, se liguem, porque a ingestão rápida de alimentos, sem pausas, pode ser prejudicial para a digestão, causando as flatulências. Uma das alternativas para evitar esse problema é dar ao seu cão um comedouro lento, aqueles que parecem labirintos. O cachorro vai passar mais tempo comendo e, com isso, essa questão do pum vai ser reduzida.

Fermentação

Assim como no organismo humano, nos cachorros também há muitas bactérias que participam do processo digestivo, como na fermentação dos alimentos no intestino, o que é algo natural. No entanto, quando há excesso de bactérias (e de fermentação), pode acontecer de o cão ficar soltando muito pum!! E aí é preciso agir rápido, porque com certeza seu amigo peludo estará com desconforto abdominal e até sentindo dor. é bem comum meus humanos me darem remédio para gases…e eles resolvem meu problema!! Busque um veterinário, tutor, e veja com ele o que pode ser feito para reduzir esse incômodo em seu pet.

Engolir ar

Aqui a lógica é a mesma à aplicada a vocês, humanos!! Quando os cães comem rápido demais, uma das consequências é a possibilidade de, junto com o alimento, ele acabar engolindo ar, que vai parar no intestino. Essa é a razão de dores abdominais e gases hiper fedorentos. Então, estimule seu cão a comer devagar. Caso tenha mais de um pet, alimente eles em locais diferentes, separados.

Dieta pobre

Uma dieta pobre em nutrientes pode ser uma das causas dos gases fedorentos que seu pet solta. Isso porque, quando você oferece a ele alimentos de difícil digestão ou ou baixo valor nutricional, há muito desconforto abdominal e a produção de flatulências. 

Alergias alimentares

A mesma coisa para as alergias alimentares, causadas por substâncias proibidas aos cães. Ou seja, se seu pet comer algo que não seja recomendado a ele, seja por acidente na rua ou porque você decidiu dividir aquele pedaço de pizza, saiba que ele provavelmente sofrerá com dores na região do abdômen. 

Doenças intestinais

Agora, caso as flatulências sejam constantes, mesmo você adotando todos os cuidados para evitá-las, leve seu cão ao veterinário, porque isso pode ser um indício de doença no intestino.

Veja o que fazer caso seu cachorro comece a soltar muitos puns fedorentos:

Por hoje é só, pessoal!! Anotaram todas as dicas!! Sinto informar que os puns fazem parte da vida dos pets, então não tem como vocês, humanos, tentarem combater de vez esse hábito na gente. Até porque, se vocês soltam, por que a gente não pode soltar também? Mas, fiquem atentos aos excessos e a todos os demais detalhes que eu mencionei na cãoluna de hoje. Fui!! Volto na semana que vem com mais dicas sobre o maravilhoso mundo dos cachorros!! 

Classificação Indicativa: Livre