Coronavírus

Leo Prates avalia que Saúde vive ‘pior momento da pandemia’ em Salvador

Secretário Leo Prates - Paulo M. Azevedo/BNews

Secretário culpou uma 'somatória de problemas' como causadora do pior momento da pandemia

Publicado em 19/01/2022, às 21h19    Secretário Leo Prates - Paulo M. Azevedo/BNews    Redação BNews

O secretário municipal de Saúde, Leo Prates, avaliou nesta quarta-feira (19), em entrevista ao BNews Agora, da Piatã FM, que Salvador vive o “pior momento da Saúde na pandemia”. 

“Salvador vive o pior momento da Saúde nesses dois anos de pandemia, porque o problema não é só a Covid, é que estamos em uma somatória de coisas. Temos a influenza, os casos retornando em alta, a vacinação para organizar. Pense em uma pessoa que passou um ano e meio longe do sistema de saúde por ter câncer e ela chega na UPA com tumor agravado. Muitas vezes a pessoa está com câncer e Covid. Se eu for regular ela para um hospital de câncer, ela pode contaminar a ala inteira. Se eu for regular para um local Covid, ela provavelmente não terá o tratamento adequado para câncer. São muitos dilemas”, desabafou ele.  

Leia mais:Leo Prates avalia CoronaVac como vacina perfeita para crianças: ‘Erramos em aplicar nos idosos’

O secretário defendeu ainda que o poder público busque o “equilíbrio” nas ações tomadas em prol do combate à Covid-19. 

“Qualquer medida restritiva tem impacto econômico, tem impacto na miséria. Então a palavra certa é equilíbrio. Já temos muitos vacinados, então os decretos não precisam ser como no início da pandemia, mas os casos estão aumentando muito rapidamente, então é preciso existir a cautela”, opinou. 

Siga o BNews no Google Notícias e receba os principais destaques do dia em primeira mão. 

Classificação Indicativa: Livre