Justiça

Paradeiro da dona de pousada de luxo já é conhecido pela polícia

Reprodução | Redes Sociais

"Ela está em outro Estado. Mas, vamos tentar captura-la” diz delegado responsável pelas investigações

Publicado em 08/03/2022, às 09h17    Reprodução | Redes Sociais    Redação BNews

O delegado Rafael Magalhães, responsável pelas investigações da morte do empresário Leandro Troesch, conhecido como o Léo da Pousada Paraíso Perdido, afirma que já tem novas informações sobre a localização da viúva do empresário, Shirley Figueiredo, considerada foragida pela polícia desde o último sábado (5). “ Ela está em outro Estado. Mas, já entramos em contato com a Polinter e vamos tentar captura-la”, disse em entrevista ao programa Bahia no Ar, na Tv Record, nesta terça-feira (8).

Na oportunidade, o delegado informou ainda que existe um mistério rondando a morte do empresário após a fuga de Shirley e a morte, nesta segunda-feira (7), de um funcionário identificado como Marcel. “ O que mais me intriga é a morte desse rapaz que era minha principal testemunha e peça chave da investigação”.

Leia mais:

MP aciona governo da Bahia após irregularidades na segurança da Penitenciária Lemos de Brito

Mãe do menino Henry é acusada por internas de realizar "atos libidinosos" com advogado em presídio

Desembargador e juiz afastados na Faroeste podem reassumir cargos no TJ-BA; entenda

Segundo o delegado, a companheira de Marcel também prestou depoimento à polícia e apontou uma pessoa como autora do crime. “Já estamos procurando essa pessoa que me parece ter ligação com a Shirley”, conclui o delegado.

A prisão preventiva da viúva foi expedida pelo Juiz Almir Pereira da Vara Criminal por quebra de medida cautelar. O empresário Leandro Silva Troesch, da Pousada Paraíso Perdido, Praia dos Garcês, no município de Jaguaripe, morreu após ser atingido por um tiro na cabeça na noite do dia 25 de fevereiro.

Siga o BNews no Google Notícias e receba os principais destaques do dia em primeira mão.

Classificação Indicativa: Livre