Eleições / Eleições 2022

"Acho que é um equívoco político", afirma Leo Prates sobre mudança de Geraldo Jr

Foto: Joilson César/BNews

Geraldo Jr 'virou a casaca' e vai apoiar o PT nas eleições estaduais, saindo como vice de Jerônimo Rodrigues

Publicado em 31/03/2022, às 09h48 - Atualizado às 09h53    Foto: Joilson César/BNews    Vinícius Dias

De volta à Assembleia Legislativa do Estado da Bahia para finalizar o mandato como deputado estadual após sair da Secretaria Municipal de Saúde, Leo Prates (PDT) classificou a opção de Geraldo Jr (MDB), presidente da CMS e antigo apoiador do ex-prefeito ACM Neto (União Brasil), pré-candidato a governador, como um equívoco político.

Em entrevista exclusiva para o BNews, Prates afirmou que a decisão de Geraldinho é legítima, mas ele precisa ter cuidado com as consequências: "aqui ele construiu amigos, lá ele está chegando", comentou.

"É um direito de Geraldo, eu acho que se separar, e concordo com ele, o que é município e o que é estado. É um direito dele, mas aqui ele construiu amigos, lá ele está chegando. É legítimo, mas Acho que é um equívoco político. O tempo vai dizer se estou certo ou errado", disse o deputado.

Leia mais: 

Pré-candidato a deputado federal, Leo Prates lamentou a mudança de Geraldo Jr, a quem chamou de amigo reiteradas vezes e destacou a importância para a cidade de Salvador no cargo de vereador e como presidente da Câmara (CMS).

"Não acho que foi um movimento de traição. O presidente da Câmara foi aliado de nosso grupo, mas nunca foi originário de nosso grupo político. É um direito dele. A Aliança é como um casamento e ele tem todo direito de escolher o lado que ele quer estar numa eleição. Eu lamento, porque ele tinha uma convivência inclusive de amizade com ACM Neto e Bruno Reis, os dois reconhecessem isso. Eu lamento bastante, mas vida que segue. Sempre disse a vocês que nossa principal aliança era com o povo da Bahia", afirmou Prates.

Siga o BNews no Google Notícias e receba os principais destaques do dia em primeira mão.

Classificação Indicativa: Livre