Eleições / Eleições 2022

Após rodadas de negociações em Brasilia, Leão se esquiva de pergunta sobre ir para base de Neto

Divulgação

Leão negocia com vários caciques em Brasília para tentar fechar acordo para o partido

Publicado em 09/03/2022, às 06h21    Divulgação    Victor Pinto, de Brasília* / João Brandão

Após a primeira série de rodadas de conversas em Brasília para tentar equacionar a chapa aqui na Bahia nesta terça-feira (8), o vice-governador e presidente estadual do PP, João Leão, foi questionado pelo BNews se fechou ser candidato ao Senado na chapa de ACM Neto (União Brasil).

“Nada certo ainda”, resumiu.

Conforme apurado pelo BNews, esta quarta (9) ainda guarda mais uma série de conversas na capital federal. O presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP), também entrou no rol das conversas para tentar intermediar acordos.

Leão ficou insatisfeito com a configuração anunciada sem aviso prévio por Jaques Wagner na rádio Metrópole. O senador declarou que Rui Costa fica até o final do governo e que o PT vai escolher entre uma “lista tríplice” o postulante a governador.

As decisões impactaram diretamente o PP. Primeiro que Leão queria assumir o governo por nove meses e já tinha esse pré-acordo estabelecido. Segundo que não é so agrado do partido apoiar Luiz Caetano, Jerônimo Rodrigues ou Moema Gramacho na disputa pelo Palácio de Ondina.

Após isso, Rui Costa procurou Leão, pediu um tempo e disse ao pepista que iria tentar convencer Wagner a voltar atrás e se candidatar.

*Editor do BNews, direto de Brasília

Siga o BNews no Google Notícias e receba os principais destaques do dia em primeira mão

Classificação Indicativa: Livre