Eleições / Eleições 2022

"Sou de uma geração que sofreu com a Ditadura", diz ex-conselheiro do CNJ

Vagner Souza/Bnews

Publicado em 03/12/2021, às 11h14    Vagner Souza/Bnews    Da redação com informações do editor Victor Pinto

A ação de grupos e pessoas que difundem desinformações contribui para os resultados das eleições, além de fragilizar a democracia eleitoral. Recentemente, por exemplo, muitos foram os ataques contra a segurança da urna eletrônica. Junta-se a isso pedidos de intervenção militar.

Nesta sexta-feira (3), durante um evento na sede do TRE-BA, em Salvador, para discutir o direito eleitoral, o ex-conselheiro do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), Técio Lins e Silva, falou sobre a importância do voto.

“É uma homenagem à democracia. Eu sou da geração que inaugurou a Ditadura porque ingressei na vida universitária em 1964 com o golpe. Eu levei trinta anos para votar em um presidente da República. Fiquei 30 anos com o título de eleitor no bolso. Eu sou a representação de uma geração que sofreu com a Ditadura e preza pela democracia”, disse.

Classificação Indicativa: Livre