Eleições

Major Vitor Hugo confirma saída do PSL após fusão com o DEM

Divulgação

Parlamentar afirmou que deve aproveitar a próxima janela partidária para fazer a migração

Publicado em 05/10/2021, às 19h43    Divulgação    Henrique Brinco

O deputado federal Major Vitor Hugo confirmou que vai deixar o PSL após a fusão com o DEM. As duas siglas vão formar um novo partido, intitulado União Brasil. Em entrevista ao programa BNews Agora, da Piatã FM, o parlamentar afirmou que deve aproveitar a próxima janela partidária para fazer a migração.

Hugo também ressalta que a fusão não foi uma vontade da maioria dos deputados do partido. "Existe uma distância grande entre a bancada federal de deputados e a executiva nacional do PSL. Toda a tratativa foi feita pelo presidente nacional Luciano Bivar, sem consulta aos deputados federais", ressalta.

Bolsonarista, o parlamentar ressalta que o União Brasil chega como uma legenda que deve apoiar uma candidatura de terceira via em 2022, tornando inviável a permanência dele no grupo. "Eu não vou ficar num partido que vai apoiar uma terceira via. Minha posição é muito clara de apoiar o presidente Jair Bolsonaro. Certamente não estarei nesse partido. Vamos ver o melhor momento para sair".

Leia também:


Major Vitor Hugo também faz elogios ao líder máximo do Palácio do Planalto. "O presidente Jair Bolsonaro fez uma eleição atípica, em que ele derrotou todos os partidos bem estruturados. Ele só tinha o PSL, sem fundo partidário e pouco tempo de TV. E mesmo assim, ele venceu as máquinas dos governos contrários. Ele teve um desafio grande em montar um ministério técnico, resistindo às pressões de todos os lados que queriam que ele montasse um ministério político", apontou.

"O presidente vai ser reconhecido como o presidente que expandiu a malha ferroviária. No campo da Saúde, estamos enfrentando o maior desafio. O governo já tem 240 milhões de vacinas aplicadas. Na parte econômica, a gente tem também grandes números", completou.

Leia também:

Classificação Indicativa: Livre